Conheça os 4 sinais de que você está sendo traída

Segundo o escritor Marcos Bulhões, toda traição é uma escolha e ela emite sinais. Portanto, saiba identificar se você está sendo traída!

Conheça os 4 sinais que indicam uma possível traição
Conheça os 4 sinais que indicam uma possível traição - Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 23/01/2022 às 21:00
Atualizado às 21:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Relacionamentos devem ser baseados na confiança, certo? Mas como saber se essa confiança está sendo respeitada ou não? O escritor Marcos Bulhões afirma que a traição é um dos problemas mais antigos da humanidade. “Dante Alighieri já tratava deste assunto como o pior dos pecados e um castigo”, explica ele.

Com isso, Marcos enumera algumas dicas para você ficar atenta e, assim, reconhecer e lidar com esse problema. Veja só:

Instinto

No caso das mulheres, o escritor acredita que elas têm um forte instinto, ou seja, uma percepção nem sempre baseada no racional, mas resultado da sensibilidade aflorada, como muitas histórias mostram. 

Entretanto, é necessário separar instinto e insegurança. Bulhões explica que o ciúme não tem qualquer valor moral para a relação além do desgaste. Um exemplo é ter ciúmes de uma amiga de infância do seu namorado com quem ele nunca teve qualquer comportamento romântico. Se ele jamais a tratou como trata você e nunca houve qualquer sinal de traição, será que tem embasamento? Nesse caso, pode ser apenas ciúmes.

O sinal de alerta deve soar se você observar que ele tem com outra mulher as mesmas atitudes que teve com você para conquistá-la. “Os olhos não mentem, e perder o contato visual e a intimidade é um forte indício de que o amor não é cego, mas foi cegado", diz ele.

Ele/ela esconde você

Sem uma justificativa plausível, ele ou ela não apresenta você aos amigos, não posta fotos de vocês juntos e se apresenta como solteiro ou solteira nas redes sociais. "Quando o outro se apresenta como solteiro é porque está em busca de outras pessoas, mesmo que inconscientemente, ou já tem alguém”, enfatiza Marcos. 

Falta de intimidade

Intimidade é carinho, afeto, suporte emocional, demonstrações com gestos e palavras. Se seu parceiro ou parceira passou a ter menos gestos de carinho, como abraços e beijos, ou tem parado de compartilhar intimidades e conversas mais profundas, pode ser que ele ou ela esteja fazendo isso com outra pessoa.

Nem sempre a pessoa que deixa de procurar a outra está traindo, pode ser apenas uma fase ruim relacionada a outros motivos, mas quase sempre quem trai deixa de procurar o parceiro, segundo o escritor.

Ameaças constantes de rompimento

Se na primeira briguinha o outro já dispara que quer terminar, mostra um desejo de realmente fazê-lo. “Isso mostra a seriedade com que ele ou ela leva o relacionamento. Se por qualquer coisa esse assunto surge, é porque não sentirá qualquer abalo sem você. O término não deve ser uma ameaça, muito menos um projeto, término é desistência, e a gente não desiste do que ama, a gente desiste do que dói”, afirma Bulhões.

Nem sempre quem busca terminar a relação está traindo, mas isso evidencia um desgaste — aqui vale o alerta também para relacionamentos abusivos, em que a pessoa em questão costuma usar o artifício do término para que o outro sinta-se culpado.

Lidando com a situação

Se após ler isso você desconfiar ou tiver certeza que está sofrendo uma traição, o escritor não usa meias-palavras: termine. Não fique fazendo joguinhos, rastreando o celular, mexendo nas coisas dela ou dele, apenas se fortaleça, entenda a situação e termine.

Para Bulhões, ao fazer a descoberta, significa que você não é o bastante para ele ou ela, da mesma forma que ele ou ela não é o bastante para você. “Se você for traído tem que se preparar para partir. Perde é quem trai, quem é traído se livra”, finaliza ele.

Fonte: Marcos Bulhões, escritor.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.