NOTÍCIAS

O vício em crack pode ser tratado com acompanhamento médico: entenda!

O usuário precisa buscar o tratamento médico e ter o apoio da família e de amigos para conseguir se manter distante da droga.

None
Foto: Freepik

por Redação Alto Astral
Publicado em 31/01/2017 às 11:26
Atualizado às 15:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

“O vício em crack é um quadro complexo, mas perfeitamente tratável. Eu mesmo, que atendo como voluntário há duas décadas, tenho vários pacientes que são ex-usuários de crack que retomaram suas vidas de forma plena”, pontua Francisco Bastos, médico e pesquisador da Fiocruz, coordenador da Pesquisa Nacional sobre o uso do Crack.

cachimbo, crack, acompanhamento médico

Foto: Freepik

Porém, o usuário precisa buscar o tratamento e ter o apoio da família e de amigos para conseguir se manter distante da droga, pois pesquisas mostram que apenas 70% dos usuários chegam a procurar o tratamento.

LEIA TAMBÉM

Texto: Júlia Prado Edição: Angelo Matilha Cherubini

Consultoria: Francisco Bastos, médico e pesquisador da Fiocruz, coordenador da Pesquisa Nacional sobre o uso do Crack.