NOTÍCIAS

Você sabe o que a ciência diz sobre a telepatia? Confira!

Descubra o que a ciência diz a respeito da telepatia, esta famosa experiência paranormal por meio da qual é possível se comunicar com o poder da mente

None
Ainda hoje a ciência realiza experimentos para tentar encontrar indícios de que a telepatia seja realmente uma experiência paranormal. FOTO: Reprodução/iStock.com e Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 23/01/2017 às 17:28
Atualizado às 14:55

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A gente se comunica o tempo inteiro – geralmente por meio da fala, ainda que os meios digitais tenham facilitado a comunicação de pessoas por todo o planeta com a possibilidade de mensagens escritas também. Dependendo da intimidade com a pessoa, apenas uma troca de olhares já é suficiente para entendermos o recado. Afinal, o corpo também “fala”.

No entanto, quando entramos no campo da telepatia, estamos tratando da impressionante habilidade de comunicação direta entre mentes, sem o uso de qualquer um dos sentidos conhecidos. Ou seja, a informação chega à consciência das pessoas à distância ou mesmo em salas fechadas com isolamento sensorial.

homem, mãos na cabeça, telepatia

Ainda hoje a ciência realiza experimentos para tentar encontrar indícios de que a telepatia seja realmente uma experiência paranormal. FOTO: Reprodução/iStock.com e Getty Images

O que a ciência diz sobre a telepatia?

“Nenhum caso isolado permite a comprovação da telepatia, pois há muitas possibilidades de explicação mais simples envolvidas e que, por força das circunstâncias, não podem ser descartadas”, comenta o pesquisador Leonardo Martins. “E o caminho mais promissor para comprovar a eventual existência da telepatia é a verificação experimental, ou seja, as pesquisas de laboratório”

O especialista comenta que a polêmica está acesa no meio científico em relação a isso, pois algumas pesquisas encontram resultados favoráveis à sua existência.

LEIA TAMBÉM

Texto: Da redação Consultoria:  Leonardo Martins, doutor em Psicologia Social, pesquisador na área de Psicologia Anomalística e membro do Laboratório de Psicologia Anomalística e Processos Psicossociais (Inter Psi) da Universidade de São Paulo (USP)