Salmo 9: Para manter a esperança nos momentos de aflição

O Salmo 9 é especial para manter a justiça e a esperança em alta, não aceitar a ideia da escassez nem a doença como parte integrante da vida. Saiba mais!

None
Foto: iStock

por Redação Alto Astral
Publicado em 01/12/2016 às 11:17
Atualizado às 12:45

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O Salmo 9 é especial para manter a justiça e a esperança em alta, não aceitar a ideia da escassez nem a doença como parte integrante da vida. Além disso, ele também evita os riscos de acidentes em qualquer tipo de transporte, estimula a prosperidade nos negócios. A força deste salmo está na conscientização da presença do divino em cada ato de nossas vidas.

Salmo 9

Foto: iStock

Salmo 9

“Eu te louvarei, Senhor, com todo o meu coração; contarei todas as tuas maravilhas. * 2 Em ti me alegrarei e saltarei de prazer; cantarei louvores ao teu nome, ó Altíssimo. * 3 Porquanto os meus inimigos retornaram, caíram e pereceram diante da tua face. * 4 Pois tu tens sustentado o meu direito e a minha causa; tu te assentaste no tribunal, julgando justamente; * 5 Repreendeste as nações, destruíste os ímpios; apagaste o seu nome para sempre e eternamente. * 6 Ó inimigo! Acabaram-se para sempre as assolações; e tu arrasaste as cidades, e a sua memória pereceu com elas. * 7 Mas o Senhor está assentado perpetuamente; já preparou o seu tribunal para julgar. * 8 Ele mesmo julgará o mundo com justiça; exercerá juízo sobre povos com retidão. * 9 O Senhor será também um alto refúgio para o oprimido; um alto refúgio em tempos de angústia. * 10 Em ti confiarão os que conhecem o teu nome; porque tu, Senhor, nunca desamparaste os que te buscam. * 11 Cantai louvores ao Senhor, que habita em Sião; anunciai entre os povos os seus feitos. * 12 Pois quando inquire do derramamento de sangue, lembra-se deles: não se esquece do clamor dos aflitos. * 13 Tem misericórdia de mim, Senhor, olha para a minha aflição, causada por aqueles que me odeiam; tu que me levantas das portas da morte; * 14 Para que eu conte todos os teus louvores nas portas da filha de Sião, e me alegre na tua salvação. * 15 Os gentios enterraram-se na cova que fizeram; na rede que ocultaram ficou preso o seu pé. * 16 O Senhor é conhecido pelo juízo que fez; enlaçado foi o ímpio nas obras de suas mãos. (Higaiom; Selá) * 17 Os ímpios serão lançados no inferno, e todas as nações que se esquecem de Deus. * 18 Porque o necessitado não será esquecido para sempre, nem a expectação dos pobres perecerá perpetuamente. * 19 Levanta-te, Senhor; não prevaleça o homem; sejam julgados os gentios diante da tua face. * 20 Põ¬e-os em medo, Senhor, para que saibam as nações que são formadas por meros homens (Selá).”

  • Toda as vezes que as palavras “Selá” aparecer, faça uma pausa e reflita sobre o que foi lido.

Comentário especial

Este salmo traz um alerta para as pessoas que se esquecem da gratidão. Muitas reclamam tanto que não conseguem ver tudo de bom que lhes acontece ou as bênçãos que recebem. Sendo que, muitas vezes, a dor é como a do parto, cuja luta é dolorosa, mas o resultado é maravilhoso. É preciso dar passagem à alegria da vida. Ou seja, manter a esperança sempre viva, mesmo que a doença seja algo muito grave.

LEIA TAMBÉM

Frase de poder

“Tem misericórdia de mim, Senhor, olha para a minha aflição, causada por aqueles que me odeiam; Tu que me levantas das portas da morte. Para que eu conte todos os teus louvores nas portas da filha de Sião, e me alegre na Tua salvação. O Senhor é conhecido pelo juízo que fez; enlaçado foi o ímpio nas obras de suas mãos. Porque o necessitado não será esquecido para sempre, nem a expectação dos pobres perecerá perpetuamente”.

Consultoria: Ira Pepino
Edição: Júlia Martins/Colaboradora | Design: Aline Barudi