FAMOSOS

Duda Reis revela detalhes sobre as acusações contra Nego do Borel

Entre as denúncias de Duda Reis contra o ex-noivo, Nego do Borel, constam violência doméstica, estupro e abuso psicológico. Saiba mais!

None
Duda Reis revela detalhes sobre as acusações contra Nego do Borel

por Milena Garcia
Publicado em 18/01/2021 às 14:57
Atualizado às 14:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Nas últimas semanas, as postagens de Duda Reis nas redes sociais repercutiram ao anunciar o término do noivado com Leno Maycon Viana Gomes, o Nego do Borel. Juntos há pouco mais de 2 anos, a influenciadora digital e atriz afirma que o fim da relação envolveu traições, agressões e estupro pelo ex-noivo.

Em entrevista ao Fantástico, no último domingo (18), Duda revelou detalhes sobre o ocorrido, enquanto Nego do Borel se defendeu de todas as acusações. Quem também relatou experiências abusivas ao lado do cantor foi Swellen Sauer, sua ex-namorada e ex-assessora.

Vale lembrar que o casal foi cercado de polêmicas desde o início do relacionamento, quando os pais de Duda acusavam Nego do Borel de abusar da filha. O caso da jovem chama atenção para o debate sobre a violência doméstica e, principalmente, sobre os abusos psicológicos. A seguir, saiba mais sobre o ocorrido e como denunciar.

Confira os detalhes sobre as acusações de Duda Reis contra Nego do Borel

Duda Reis revela detalhes sobre as acusações contra Nego do Borel
Fotos: Reprodução/Fantástico

Agressão

Em entrevista, Duda Reis afirmou que era agredida fisicamente pelo ex-noivo. “Ele quebrava as coisas na casa quando estava nervoso. Falava: ‘Estou quebrando para não quebrar você’. Teve um episódio que ele quebrou uma porta no meio para não me quebrar”, relatou.

A atriz relembrou outra ocasião, no aniversário do cantor, onde foi empurrada em cima de cadeiras e se machucou. Segundo ela, essa foi uma das primeiras agressões que sofreu.

“Não, eu não empurrei ela. A gente discutiu, ela gritou comigo, eu gritei com ela de igual pra igual, como um casal, por causa de um ciúme que eu tive”, contrariou Nego.

Violência psicológica

Além da violência física, a influenciadora também descreveu as agressões psicológicas que sofria, como chantagens e ameaças. “Eu tinha medo, eu sofri ameaças, até de morte. Que eu estava mexendo com cachorro grande”, contou. O cantor também negou essas afirmações.

Devido aos inúmeros abusos, Duda conta que desenvolveu transtornos psicológicos e alimentares. Entre eles depressão, síndrome do pânico, bulimia e anorexia.

“Por que não denunciava? Era dependente da pessoa, sofria ameaça de morte. Ele dizia que ia matar minha família se eu não colaborasse. Ele sempre reforçou que eu era dele e de mais ninguém. Me arrependo muito de perder esses vínculos”, contou.

Estupro

Em outra situação, Duda Reis revela ter sido estuprada pelo ex-noivo em momentos de vulnerabilidade, causados pelos medicamentos de uso psiquiátrico. “Eu estava dopada e ele vinha ter relação comigo, eu não tinha consciência”.

“Às vezes a gente acha que estupro é a pessoa te pegar, sair te arrastando, pegar uma pessoa desconhecida na rua, mas não. O não é não, e quando eu tive essa consciência eu fiquei muito mal, como eu passei e me submeti a muita coisa e quieta. Isso que é pior”, completa Duda.

Em resposta, Nego do Borel afirmou: “Estupro é muito sério. Não houve sexo sem consentimento. Isso é mentira, não sei porque ela está inventando isso”. 

Relato de Swellen Sauer

Na mesma entrevista, Swellen Sauer também relembrou as agressões sofridas e explicou porque não denunciou antes. “Eu pensava muito no trabalho, isso me deixava muito confusa. As pessoas duvidam muito da gente. Eu entendo por que muitas vezes a gente não fala”, afirmou a ex-namorada e ex-assessora.

Entre as acusações, Swellen descreveu ter sido enforcada por Nego do Borel com um carregador de celular e ter recebido socos da costela em uma boate. O cantor rebateu todas as acusações e ainda questionou o fato da ex não procurar a polícia na época do ocorrido, em 2015.

Medidas jurídicas

Após os artistas compartilharem suas versões sobre o fim do relacionamento nas redes sociais, os dois buscaram recursos jurídicos para levar o caso adiante. Nego do Borel registrou um boletim de ocorrência contra Duda por “crimes contra honra”, que incluem injúria, calúnia e difamação.

Por sua vez, Duda Reis procurou a Delegacia de Defesa da Mulher, onde também registrou boletim de ocorrência contra o ex-noivo. Entre as acusações constam lesão corporal, violência doméstica, injúria e ameaça. A partir das denúcias, cantor deverá cumprir com as medidas protetivas de urgência com base na Lei Maria da Penha.

Como denunciar

Às mulheres em situação de violência, assim como Duda Reis, é disponibilizada a Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180. O serviço presta escuta e amparo às vítimas, além de registrar e encaminhar as denúncias aos órgão competentes. Na central também é possível adquirir informações sobre os direitos da mulher.

Para ser atendida, basta discar 180. A ligação é gratuita e a central funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana. São recebidos chamados de todo o território nacional e em outros 16 países.

Além do telefone, também é possível encaminhar as denúncias pelo aplicativo Direitos Humanos Brasil e pelo Telegram. Ao acessar o aplicativo, procure por “DireitosHumanosBrasil”.

Quem prefere buscar ajuda presencialmente, pode recorrer às Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (DEAMs), Delegacias de Defesa da Mulher (DDMs), Juizados de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, Casas da Mulher Brasileira, entre outros locais. Lembre-se: você não está sozinha!

Texto: Milena Garcia

Leia também: