ESTILO DE VIDA

Azeite de agrião: receita especial para inovar na cozinha

O azeite é unanimidade quando o assunto é temperar com sabor e boas doses de saúde! Veja dicas de como usá-lo na cozinha e aproveitá-lo ainda mais

None
FOTO: Shuttesrtock

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/08/2016 às 19:26
Atualizado às 21:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O azeite é versátil, funcional e, ainda, atua em prol de diversas áreas do organismo. O tempero também é cheio de sabor e conta com uma lista enorme de nutrientes em sua composição. “Ele reduz a taxa de colesterol ruim (LDL) e afasta os riscos de diabetes, artrite reumatoide e câncer”, destaca a nutricionista Daniela Jobst.

Embora o azeite seja delicioso em sua forma natural, aprenda a dar um toque especial de sabor às receitas aromatizando-o.

azeite-propriedades-santagens-receita

FOTO: Istock.com/GettyImages

Azeite de agrião

Rendimento: 200ml
Tempo de preparo: 15min

Ingredientes:
*1 maço médio de agrião

*1/2 xícara (100ml) de azeite

*2 colheres (sopa) de sal

*1/2 xícara (100ml) de água

Modo de preparo
Separe somente as folhas e os talos mais macios do agrião e coloque no liquidificador. Junte o azeite, o sal e a água. Bata por 2 minutos e despeje em uma panela. Leve ao fogo baixo e cozinhe, mexendo de vez em quando por 5 minutos. Não deixe ferver muito. Retire do fogo e passe a mistura por uma peneira de malha fina. Guarde dentro da geladeira em um recipiente limpo e seco.

Culinarista: Casa Do Azeite

Saiba mais!

As vantagens do azeite para o cérebro

Receita: bife grelhado com legumes no azeite

Faça uma deliciosa sopa de agrião com azeite de tomate seco

azeite-propriedades-santagens-receita

FOTO: Shuttesrtock

Dicas da nutricionista!

Para garantir as vantagens do azeite, dê preferência ao tipo extravirgem, vindo da primeira prensagem das azeitonas, e consuma-o em temperatura ambiente, pois, ao entrar em contato com o calor, ele perde parte de seus nutrientes. Saladas, massas e peixes são os melhores pratos para utilizá-lo.

Aprenda a escolher bem!

Extravirgem: apontado como o melhor tipo de azeite, ele é o que passa por menos processos de refinamento e tem menor acidez (até 1%), sendo assim, o mais puro dos azeites.
*Virgem: um pouco mais ácido (até 1,5%) que o extravirgem, esse tipo é mais vezes refinado, fazendo com que perca alguns nutrientes.
*Refinado: é considerado de baixa qualidade, já que os processos de refinamento retiraram cor, sabor, aroma e vitaminas característicos.
*Composto: na realidade, trata-se de uma mistura do azeite refinado com outros tipos de óleo, como o de soja.

Consultoria Daniela Jobst, nutricionista