Você conhece a história do voo 169 da Vasp? Confira!

Episódio em que o voo 169 da Vasp foi seguido por óvnis é até hoje considerado um dos mais importantes casos da ufologia brasileira

None
O comandante Britto afirma que o objeto não identificado apareceu sob a asa esquerda do avião enquanto sobrevoavam o céu de Pernambuco. FOTO: Reprodução/Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 08/11/2016 às 13:10
Atualizado às 18:43

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Numa madrugada de fevereiro de 1982, o voo 169 da extinta empresa de aviação Viação Aérea de São Paulo (Vasp) seguiu o trajeto de Fortaleza e a capital paulista, quando passou a ser acompanhada por um óvni.

óvni, luz forte, cidade, céu noturno

Segundo os relatos, o óvni apresentava um brilho muito intenso, e seguiu o avião por um longo percurso. FOTO: Reprodução/Pixabay

As testemunhas confirmam

O objeto, de brilho intenso, surgiu à esquerda do avião, no céu de Pernambuco, perto da cidade de Petrolina, e fez diversas manobras. O fato foi relatado pelo comandante Gerson Maciel de Britto, que era considerado experiente – o piloto acumulava mais de 25 mil horas de voo. Britto tomou uma atitude ousada ao constatar a presença da espaçonave: acordou os mais de 100 passageiros do voo e convidou o grupo para acompanhar o fenômeno. Todo mundo concordou, com exceção de um cardeal católico, que preferiu não se comprometer.

avião, asa esquerda, céu azul, nuvens

O comandante Britto afirma que o objeto não identificado apareceu sob a asa esquerda do avião enquanto sobrevoavam o céu de Pernambuco. FOTO: Reprodução/Shutterstock Images

Flagrado pelo radar

O óvni seguiu o Boeing até Belo Horizonte, onde a aeronave faria a primeira escala. Curiosamente, continuou seguindo o avião até a segunda escala, no Rio de Janeiro. Segundo reportagem da revista UFO, o óvni chegou a ser identificado pelos radares do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta). De acordo com informações da revista, o comandante teria conseguido se comunicar telepaticamente com os ocupantes do óvni. Britto chegou a gravar um depoimento sobre sua experiência no voo 169. O vídeo se encontra disponível no YouTube.

LEIA TAMBÉM

Texto: Da redação