Traição e forca: saiba como morreu Judas Iscariotes

Conhecido como o discípulo infiel, Judas Iscariotes teve um fim trágico, provocado pelo arrependimento e culpa por seus próprios atos

None
Pintura de Caravaggio que representa o beijo de Judas, sinal que ele usou para entregar Jesus aos guardas romanos. FOTO: Reprodução/Wikimedia Commons

por Redação Alto Astral
Publicado em 20/10/2016 às 15:26
Atualizado às 18:49

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Judas Iscariotes é talvez um dos mais conhecidos discípulos de Jesus. Sua fama, porém, não se deve a nenhum milagre ou por ser um grande bem-feitor. Sua atitude culminou na prisão e morte de Cristo, e também em seu próprio fim. Por conta disso, é um dos poucos apóstolos cuja causa da morte é conhecida.

Judas, pintura, Caravaggio, beijo, traição

Pintura de Caravaggio que representa o beijo de Judas, sinal que ele usou para entregar Jesus aos guardas romanos. FOTO: Reprodução/Wikimedia Commons

Forca por arrependimento

Autor da traição após a Última Ceia, o apóstolo entregou o mestre para as autoridades por 30 moedas de prata. Contudo, conforme conta o 27º capítulo do evangelho de Mateus, “então Judas, o que o traíra, vendo que fora condenado, trouxe, arrependido, as 30 moedas de prata aos príncipes dos sacerdotes e aos anciãos, dizendo: pequei, traindo o sangue inocente. Eles, porém, disseram: que nos importa? Isso é contigo. E ele, atirando para o templo as moedas de prata, retirou-se e foi se enforcar”. Após se matar, foi substituído por Matias, apóstolo que morreu apedrejado na Etiópia e depois foi decapitado.

forca, madeira, corda, céu

Arrependido por ter entregado Cristo, Judas acabou enforcando-se. FOTO: Reprodução

LEIA TAMBÉM

Texto: Érica Aguiar Edição: João Paulo Fernandes