O que fazer para evitar a disseminação de superbactérias?

O estudo Review on Antimicrobial Resistance, coordenado por Jim O’Neill, propõe medidas para conter a disseminação de superbactérias. Descubra quais são!

None
FOTO: Glow Images/Latinstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 19/10/2016 às 06:00
Atualizado às 18:48

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Em 2050, 10 milhões de mortes podem ser provocadas pela ineficácia de antibióticos frente à disseminação de superbactérias. Pelo menos, é isso o que conclui o estudo Review on Antimicrobial Resistance do economista inglês Jim O’Neill, publicado em julho de 2014.

lavar as mãos evitar disseminação bactérias

Lavar as mãos é uma forma de evitar a propagação de doenças (FOTO: Glow Images/Latinstock)

Além de alertar países de todo o mundo para essa realidade, a pesquisa também sugere medidas paliativas para conter a disseminação de tais micro-organismos. Entre os principais meios estão a realização de uma campanha de conscientização global sobre o uso de antibióticos, conceder acesso maior ao saneamento básico, promover o uso de vacinas e alternativas aos antimicrobianos e incentivar financeiramente o desenvolvimento de novos testes para a identificação rápida de bactérias patogênicas, de modo a evitar que casos gripais (causados por vírus) sejam tratados com antibióticos.

Por meio dessas medidas, seria possível evitar o uso indiscriminado de medicamentos, conter a proliferação de bactérias e o aumento de sua resistência, impedindo as milhões de mortes previstas pelo estudo.

LEIA TAMBÉM

Texto: Érica Aguiar Arte: Mary Ellen Machado