Connect with us

O que você está procurando?

Alto Astral
A toxina botulínica – conhecida comercialmente como botox – também é responsável por aliviar os sintomas de outros problemas de saúde; confira quais são
Quando aplicado nas axilas, a toxina botulínica melhora os sintomas da hiperidrose - Shutterstock

Saúde

Além da estética! 9 outras aplicações pouco conhecidas do botox

A toxina botulínica – conhecida comercialmente como botox – também é responsável por aliviar os sintomas de outros problemas de saúde; confira quais são

[PAGE TITLE]

Forte aliada no combate ao envelhecimento, o botox consegue ajudar a disfarçar rugas e linhas de expressão. Mas você sabia que seu papel na saúde vai muito além das questões estéticas? Pois é! A toxina botulínica também costuma ser utilizada em tratamentos para suor excessivo, estrabismo e paralisia facial, além de ajudar no alívio de sintomas para outros problemas que influenciam no nosso bem-estar. 

Um estudo realizado por pesquisadores da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade da Califórnia e publicado na Scientific Reports mostrou que milhares de pessoas que receberam injeções de botox em seis locais diferentes do corpo registraram diminuição dos sintomas de depressão

Outro problema que também pode aliviado com aplicações da toxina botulínica é o bruxismo. De acordo com o odontólogo Edmilson Pelarigo, a aplicação da toxina gera um relaxamento muscular, o que diminui a pressão na região. “O paciente já consegue sentir resultados depois de um ou dois dias do tratamento. É preciso, porém, refazê-lo a cada quatro ou cinco meses”, afirma o especialista. 

O botox também desempenha um papel muito importante no alívio da enxaqueca. Considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) uma das 10 doenças mais incapacitantes do mundo, o botox consegue bloquear os neurotransmissores que enviam sinais de dor através da aplicação em pontos específicos do crânio. 

“Com isso, é possível trazer algum alívio para o paciente e, por consequência, maior qualidade de vida. Assim como o tratamento para bruxismo, porém, é necessário refazer de tempo em tempo para que o efeito permaneça”, explica Pelarigo.

Ficou curioso para saber quais outros problemas de saúde podem ser tratados com a aplicação da toxina botulínica? Então confira a seguir uma lista de usos não muito famosos do botox. 

Seringas de aplicação de botox
Em muitos casos, a função do botox é de devolver o bem-estar ou de aliviar os sintomas (Foto: Shutterstock)

 

1. Arritmia

De acordo com estudo publicado no “Circulation: Arrhythmia and Electrophysiology”, jornal da Associação Americana do Coração, mostrou que o Botox ajuda a prevenir a arritmia quando injetado em pequenas bolsas de gordura (cheias de fibras musculares) que circundam o coração, em casos pós-cirúrgicos.

2. Bruxismo

Conforme explicado acima, a substância é aplicada em alguns pontos da mandíbula, contribuindo para amenizar o problema de ranger de dentes ou apertamento dental.

3. Depressão

Pacientes relataram uma redução nos sintomas da doença após a aplicação de botox em seis diferentes partes do corpo.

4. Dor de cabeça (cefaleia) e enxaqueca

Ao diminuir a tensão muscular, a aplicação de botox nas têmporas ajuda a reduzir as dores conhecidas como cefaleia tensional.

5. Estrabismo

A aplicação, feita ao redor do globo ocular, paralisa os feixes musculares que estão tracionando demais o olho para um dos lados, fazendo com que o olho fique alinhado.

6. Paralisia facial

Neste caso, a toxina botulínica é utilizada para dar simetria ao rosto com a parte paralisada.

7. Suor excessivo (hiperidrose)

O botox é aplicado em partes como mãos e axilas, paralisando as glândulas sudoríparas que causam suor excessivo

8. Espasmos faciais (tiques nervosos)

Conhecidos como tiques nervosos, os espasmos faciais são contrações involuntárias dos músculos do rosto. Por isso, as aplicações de toxina botulínica são capazes de acalmar essas contrações paralisando o músculo.

9. Vazamento urinário

Por fim, em situações como esta, são aplicadas injeções de botox na parede da bexiga, ajudando a controlar as contrações descontroladas do órgão e proporcionando qualidade de vida a quem sofre com problemas como bexiga hiperativa. 

Fonte: Edmilson Pelarigo, diretor clínico da OrthoDontic.

Advertisement
Advertisement

Mais notícias interessantes como essa

Beleza

Se assim como na comédia romântica bastou piscar e, de repente, você está com 30 anos, é melhor ajustar o skincare, viu?

Moda

Veja ideias de looks que provam que a camisa de time não precisa ficar limitada aos jogos de futebol

Amor e Sexo

Considerado o brinquedo sexual favorito dos brasileiros, o vibrador também pode ajudar no alívio da tensão e até em casos de vaginismo; entenda

Entretenimento

O ano de 2022 já nos proporcionou várias séries incríveis e, agora que temos mais tempo, chegou a hora de assistir; veja a seleção

Casa & Decor

Agora que as crianças estão em casa de férias, é inevitável que elas façam bagunça, né? Veja e aprenda a limpar giz de cera da parede

Moda

Fique por dentro das cores que estão bombando no universo da moda em 2022 e acerte de vez nos looks

Amor e Sexo

Entre os gêneros favoritos estão o funk e a MPB; entenda como ouvir música durante o sexo pode “esquentar” a relação

Moda

Voltou ao trabalho presencial, mas não quer deixar de ter o conforto do home office? Confira peças para adotar nos seus looks