Connect with us

O que você está procurando?

Alto Astral
Considerado o brinquedo sexual favorito dos brasileiros, o vibrador também pode ajudar no alívio da tensão e até em casos de vaginismo; entenda
O vibrador é um sex toy com muitos adeptos no país - Shutterstock

Amor e Sexo

Vibrador: sex toy pode ajudar no tratamento de dores pélvicas

Considerado o brinquedo sexual favorito dos brasileiros, o vibrador também pode ajudar no alívio da tensão e até em casos de vaginismo; entenda

[PAGE TITLE]

Na última semana, a Miess divulgou a “Brasil: o país do sexo”, pesquisa com a finalidade de mapear o comportamento sexual de nível nacional. Dentre os muitos resultados, foi possível comprovar que o vibrador — assim como os plugs — são os sex toys favoritos de muita gente. Além disso, dados revelam que apenas 12,9% dos brasileiros não usam utensílios sexuais durante a hora H, ou seja, poucos são os adeptos.

Mas, além de ser uma importante ferramenta para o prazer — seja para apimentar a relação ou para surpreender um ao outro —, o vibrador também é um ótimo auxílio para mulheres que sofrem de dores pélvicas, independentemente do motivo. E quem explica isso é Letícia Nara, fisioterapeuta pélvica da Santa Casa de São Paulo.

Segundo a especialista, o vibrador consegue estimular de maneira positiva algumas partes específicas do corpo feminino, melhorando a qualidade de vida dessas pacientes que sofrem com algum tipo de incômodo na região pélvica. 

“Existem várias mulheres que sentem dores, seja por possuírem vaginismo [disfunção sexual que ocasiona dor durante a penetração], ou por estarem muito tensas e estressadas. Então, elas acabam jogando toda a tensão no trapézio, no pescoço e na vagina também”, explica a fisioterapeuta.

Letícia também comenta que todas essas condições podem provocar dores e desconfortos nas mulheres, em diversas ocasiões. Desde as relações sexuais e exames ginecológicos até em situações comuns do dia a dia, como quando está sentada. Para a especialista, é exatamente aí que o uso correto do vibrador pode aliviar nas dores. 

“Durante as terapias de fisioterapia pélvica, a gente ensina a fazer massagem perineal, a respirar e relaxar de maneira adequada. E o vibrador ajuda bastante, pois, além dele aumentar a consciência corporal e realizar a massagem perineal, a mulher consegue fazer a manutenção da musculatura pélvica em casa”, diz a fisioterapeuta. 

Se você é do tipo de pessoa que possui um “pé atrás” com o vibrador, a profissional garante que é tabu. “Seria a mesma coisa que utilizar um massageador muscular nas pernas, igual aos que os jogadores de futebol usam. O vibrador consegue cumprir essa função nos músculos vaginais”, completa Letícia.

Então, já sabe, né? Além de ser um ótimo brinquedinho para inovar no sexo, o vibrador também pode te ajudar a aliviar aquelas tensões. Mas, muito cuidado! Caso sinta dores pélvicas, o mais importante é procurar um médico antes de qualquer coisa, tudo bem? 

Fonte: SportLife; Letícia Nara, fisioterapeuta pélvica da Santa Casa de São Paulo.

Advertisement
Advertisement

Mais notícias interessantes como essa

Entretenimento

O ano de 2022 já nos proporcionou várias séries incríveis e, agora que temos mais tempo, chegou a hora de assistir; veja a seleção

Casa & Decor

Agora que as crianças estão em casa de férias, é inevitável que elas façam bagunça, né? Veja e aprenda a limpar giz de cera da parede

Moda

Fique por dentro das cores que estão bombando no universo da moda em 2022 e acerte de vez nos looks

Amor e Sexo

Entre os gêneros favoritos estão o funk e a MPB; entenda como ouvir música durante o sexo pode “esquentar” a relação

Moda

Voltou ao trabalho presencial, mas não quer deixar de ter o conforto do home office? Confira peças para adotar nos seus looks

Comportamento

Garanta sua dose diária de motivação seguindo mulheres que, além de inspiradoras, são empreendedoras bem-sucedidas

Moda

Você também já reparou que agora a moda é andar com as meias aparentes nos looks? Veja como aderir a essa tendência com muito estilo

Finanças

Cash — ou Dinheiro, em português — foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros do Arkansas, nos Estados Unidos; saiba da história