RECEITAS

Entenda as diferenças entre liquidificador e mixer!

Pode até parecer que servem para as mesmas coisas, mas liquidificador e mixer tem utilidades diferentes. Nós te explicamos como usar cada um! Confira!

None
Foto: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 09/08/2016 às 09:07
Atualizado às 19:29

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Entenda as diferenças entre liquidificador e mixer para tirar o melhor proveito desses eletroportáteis!

Liquidificador com algumas frutas.

FOTO: Shutterstock.com

LIQUIDIFICADOR

A grande vantagem do liquidificador é seu poder de fragmentação rápida. Mas, o aparelho não é apropriado para deixar massas fofas, pois seu processo de trituração não permite que ela crie ar e volume. O objetivo do liquidificador é deixar a mistura mais encorpada. Outras características:

  • lâminas resistentes e muito afiadas;
  • tritura, pica, bate, processa e mistura diversos tipos de alimentos;
  • copos com grande capacidade interna;
  • motor potente e várias velocidades.

Ideal para fazer: sucos, vitaminas, caldos, sopas, molhos, massa de torta e bolo, massa de pudim, massa de panqueca.

SAIBA MAIS

Utensílios: 11 dicas para conservar os equipamentos de cozinha!

21 utensílios que você não conhecia e facilitam sua vida

Bolo cremoso de liquidificador

MIXER

O mixer é mais adequado para tarefas que envolvam a aeragem, ou seja, o aumento do volume das misturas por meio da incorporação de ar. Não é indicado para tarefas mais brutas, como triturar ingredientes muito duros. Alguns modelos vêm com um fouet para bater claras em neve. Outras características:

  • prepara pequenas porções em tempo recorde;
  • pode ser usado diretamente em copos e tigelas;
  •  facilidade de manuseio e limpeza;
  •  motor com rotação acelerada;
  •  possui de uma a duas velocidades.

 Ideal para fazer: sucos, molhos, purês, musses, massa de pudim.

Texto: Sheila Junqueira