Essas pessoas sobreviveram a AVCs com o poder da fé!

O Acidente Vascular Cerebral é um problema de saúde grave. Veja as histórias dessas pessoas que sobreviveram a AVCs com o poder da fé

None
(Foto: Pixabay.com)

por Redação Alto Astral
Publicado em 13/09/2017 às 16:00
Atualizado às 11:48

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O Acidente Vascular Cerebral é um problema de saúde grave, os riscos de morte ou sequelas são altos e o atendimento médico emergencial é vital. Passar por essa experiência é algo que se deve considerar no processo de transformação da pessoa, acompanhar quem sofreu um AVC também pode ser não muito fácil. Junto do tratamento médico, mantenha sua fé em dia, ela é a chave para passar por isso. Veja as histórias dessas pessoas que sobreviveram a AVCs com o poder da fé.

“Nossa Senhora Aparecida é poderosa”

“Tenho uma sobrinha que tem uma filhinha de seis anos. Um dia, sua filha teve uma dor na cabeça e minha sobrinha a levou ao médico. Ele disse que era um AVC, a garotinha não falava e um lado de seu corpo ficou com sequela. Fiz uma promessa para Nossa Senhora Aparecida para que olhasse pela criança para que ela melhorasse e, pouco tempo depois, recebi a notícia de minha sobrinha que a criança já estava falando e caminhando. Fiquei superfeliz por elas e agradeço eternamente a Nossa Senhora Aparecida. A nossa fé move montanhas!”
Sirlei Girardi Ferrão, Passo Fundo, RS

“O anjo Rafael salvou meu amigo de um AVC”

“Um grande amigo meu sofreu um Acidente Vascular Cerebral e foi internado em estado grave. Então, rezei a Rafael para que cuidasse da saúde dele e o anjo escutou minhas preces, pois meu amigo se recuperou rapidamente. Agradeço muito a ajuda desse poderoso ser celestial.”
Maria Fernanda Martins Dias, Porto, Portugal

“Santa Rita curou meu pai de um AVC”

“Venho agradecer a Santa Rita de Cássia pela graça da cura do AVC do meu pai, que aconteceu no dia da santa. Ela, grande intercessora e amiga de Jesus, nos ajudou muito. Meu pai não tem nenhuma sequela hoje, obrigado Jesus e todos os santos.”
Luiz Eduardo, Ipaporanga, CE

LEIA TAMBÉM

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.