Como fazer horta em casa: dicas valiosas para montar a sua

Criar uma horta é perfeito para quem deseja ter temperos, ervas e mudinhas em casa para cuidar; aprenda como fazer

Cultivar uma horta em casa pode servir como uma ótima maneira de se distrair
Cultivar uma horta em casa pode servir como uma ótima maneira de se distrair - Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/04/2022 às 11:00
Atualizado às 11:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O distanciamento social provocado pela Covid-19 transformou o hábito das pessoas, afinal, com mais tempo em casa, houve a necessidade de elaborar novas formas de passar o tempo. Entre as práticas mais adotadas estão o cultivo de plantinhas e, consequentemente, a criação de hortas em casa, fazendo com que muita gente colocasse para fora o seu dom de "dedo verde", né?

Esse foi um ato ainda mais impulsionado pela vida saudável, que incentivou o consumo de mais alimentos livres de agrotóxicos. E para isso, por que não cultivar seus próprios temperos e vegetais em casa, não é mesmo? 

Pois é, uma horta em casa é uma ótima pedida! E, se engana quem acha que é necessário ter muito espaço para cultivar seus temperos. Dá para ter sua hortinha, mesmo morando em um apartamento. Pensando nisso, o especialista em agricultura urbana Rafael Pelosini, separou dicas para quem quer se dedicar a essa tarefa. Confira:

Pessoa cuidando de uma horta em casa
Além de saudáveis, os produtos cultivados em hortas domésticas também são orgânicos (Foto: Shutterstock)

Comece pelos mais fáceis:

Por mais que pareça óbvio, essa é a melhor forma de começar. Dentre as recomendações de produtos para começar uma horta em casa, estão:

  • Verduras e folhas: plantas de pequeno e médio porte e rápido crescimento;

  • Temperos, ervas e plantas medicinais: escolha as que crescem em espaços pequenos e podem ser cultivadas em vasos dentro de casa;

  • Frutas: limão, jabuticaba, morango e melão são exemplos de frutas que podem ser cultivadas vasos;

  • Leguminosas e legumes: com ciclo de vida mais longo, necessitam de vasos mais profundos para um bom enraizamento.

Escolhendo o melhor local:

Antes de começar a sua horta em casa, observe os melhores locais para fazer o plantio. A recomendação é de que sejam locais com a presença de luz solar em algum momento do dia. Espaços como janelas, portas, beirais, varandas e sacadas são os ideias. Outra ideia interessante também para quem possui pouco espaço é a realização de hortas verticais ou suspensas. 

Hora de plantar:

Atualmente, é possível encontrar uma grande variedade de sementes para plantio. Neste início de trabalho, opte por hortaliças que são fáceis no manuseio e tem o resultado mais rápido. As que possuem ciclo rápido como alface, cebolinha, manjericão e salsinha podem ser plantadas diversas vezes em qualquer temporada

Já o local pode ser escolhido conforme a sua preferência. É possível realizar o cultivo em vasos ou diretamente na terra. Para ambos os casos, é necessário que o solo seja fértil, com nutrientes e minerais para que as plantas cresçam fortes.

Para plantações em vaso, escolha modelos com furos na parte inferior ou com sistema de irrigação, que controlem a umidade e forneça a quantidade ideal de água para plantio. 

Pontos principais após o plantio:

Segundo o especialista, algumas práticas são fundamentais para que exista sucesso em sua horta. São eles: 

  • Observação: diariamente observe a horta, dessa forma, será possível identificar qualquer problema que possa surgir. Fique de olho no solo e principalmente nos possíveis animais que possam surgir. Caso perceba a presença de alguma praga, reveja as práticas de manejo;

  • Adubo: com solo forte e saudável teremos a garantia de que as plantas irão conseguir se desenvolver livres da presença de pragas. Inclua práticas de adubação em sua rotina de plantio. Entre as práticas está a utilização de uma camada de cobertura vegetal morta (galhos, folhas e fibras secos) sobre o solo exposto. Além disso, é de extrema importância a incorporação de algum tipo de adubo na terra como os compostos; 

  • Irrigação: ponto-chave do cultivo, a água é uma das principais fontes de energia para as plantas e deve ser constante mantendo sempre o solo úmido, mas não encharcado. O período da manhã e o da tarde são ótimas opções de horário. 

Viu como é fácil fazer a sua própria horta em casa? Aproveite esse período para começar novos hábitos e aprender um pouco mais sobre o cuidado de plantas!

Fonte:Rafael Pelosini, fundador da startup de agricultura urbana Yes We Grow.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.