Carboidrato e proteína formam a dupla perfeita. Saiba porquê!

Quando o assunto é nutrição, carboidrato e proteína se completam! Saiba a função de cada um e porquê é tão importante consumi-los em conjunto

None
Foto iStock.com/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 22/07/2016 às 15:35
Atualizado às 11:26

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A dupla “arroz e feijão” conquista o paladar (e o coração) de milhares de brasileiros – inclusive dos nutricionistas. É que a combinação “carboidrato+proteína” é essencial para o organismo. Os carboidratos são responsáveis por conferir energia ao corpo. “Após serem consumidos, os carboidratos são digeridos, absorvidos e em seguida catabolizados, reação na qual ocorre liberação de energia. Posteriormente, essa energia será utilizada como combustível para as células”, explica a nutricionista Alessandra Coelho.

prato com arroz, feijão e frango grelhado

Foto iStock.com/Getty Images

Já as proteínas, são responsáveis pelo crescimento e manutenção de todos os componentes do organismo. “Todos os tecidos, nervos, músculos, órgãos internos, pele, cabelos e unhas são dependentes das proteínas. Além disso, alguns hormônios também são feitos a partir delas, como a insulina, que ajuda a regularizar a glicose do sangue; e a tiroxina, que ajuda a controlar o metabolismo. Para completar, os anticorpos do nosso sistema imunológico também precisam de proteína para serem produzidos”, confirma a nutricionista Patricia Davidson.

Saiba mais:

Entenda a diferença entre carboidratos “bons” e “ruins”

Os riscos da dieta da proteína

Juntos são mais!

Excluir o carboidrato não é a melhor opção – especialmente se a intenção for ganhar massa magra. Para que as proteínas cumpram seu papel de restauração e formação de músculos, o carboidrato deve estar presente na refeição. Quando revertido em glicose no sangue, esse macronutriente é responsável por regular o metabolismo proteico, ou seja, o carboidrato presente no organismo impede que as proteínas se tornem a segunda opção para produzir energia, mantendo-as na sua função. O organismo necessita de uma fonte de energia, e quando há ausência de carboidratos, as proteínas passam a cumprir esse papel – causando perda de massa muscular. Agora você já sabe porque investir no combo “carboidrato + proteína”, né?!

Consultoria Alessandra Coelho, nutricionista; Patrícia Davidson, nutricionista

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.