ENTRETENIMENTO

5 bichos que são os maiores “ladrões” da natureza

Para sobreviver, alguns animais precisam se virar sozinhos. Por isso, acabam cometendo furtos. Conheça 5 bichos que são os maiores "ladrões" da natureza!

None
FOTO: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 18/08/2016 às 10:53
Atualizado às 18:11

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Para sobreviver, alguns animais precisam se virar sozinhos. Por isso, acabam cometendo furtos. Conheça 5 bichos que são os maiores “ladrões” da natureza!

Gaivota

5 bichos que são os maiores "ladrões" da natureza

Como “pirata do mar”, é bastante agressiva e rouba alimento dos outros. Como não pode mergulhar para pescar, se aproveita dos animais que podem fazer isso. Um de seus alvos favoritos é o pelicano: depois que pesca, ele vai à superfície para preparar o peixe e é nessa hora que a gaivota ataca.

Abutre

5 bichos que são os maiores "ladrões" da natureza

Se estiver com fome, passa a perna até no “irmão”. Uma de suas características é atacar para ficar com a comida de outros abutres. Geralmente, é carniça. Enganadores por natureza, fingem que não estão nem aí para pegar a melhor parte e deixar os outros na mão.

Esquilo

5 bichos que são os maiores "ladrões" da natureza

Pode ser simpático, mas se estiver faminto e encontrar jardins, hortas ou árvores frutíferas, vai fazer a festa. Ele costuma trazer muita dor de cabeça aos humanos, ainda mais na primavera, quando começa a guardar alimentos para o inverno. Sementes e nozes são seus principais alvos.

Gralha azul

5 bichos que são os maiores "ladrões" da natureza

A gralha não deixa ninguém de fora na hora de cometer furtos. É especialista em roubar comida de outras aves, mas se alguma de sua espécie deixar a comida dando sopa, ela pega mesmo!

Baleia cachalote

5 bichos que são os maiores "ladrões" da natureza

Mesmo pesando mais de 40 toneladas, comete roubos bem ousados. Quem sofre são os pescadores do Alasca. É que essa espécie de baleia fica perto dos barcos e, quando percebe que os peixes estão sendo capturados, nadam até as linhas e “almoçam” a pesca alheia.

Texto: Marcelo de Souza/Colaborador Revisão: Carolina Guidio Cachoni

Veja também
4 fatos que você não sabia sobre cachorros
Os animais são inteligentes?
Saiba como os animais conversam entre si