CASA & DECOR

Criatividade na decoração: reforme móveis gastando pouco

Quem já não teve criatividade para transformar alguma peça esquecida e sem função? Confira algumas dicas boas para reformar seu ambiente gastando pouco.

None

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/02/2017 às 16:42
Atualizado às 16:34

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Apesar de estar em alta, principalmente por conta das questões atuais de sustentabilidade, a ideia de usar a criatividade para reciclar antigos objetos não vem de hoje. Algumas pessoas têm um olhar que vai além do normal e conseguem transformar o que é comum e sem serventia em algo descolado e funcional.O que dizer de designers que criam uma luminária moderna a partir de um escorredor de plástico? No mínimo, genial. Mais caseiro, mas igualmente interessante, é o rack feito a partir de tábuas e tijolos. Veja a seguir algumas ótimas invenções que você também pode fazer em casa!

A geladeira que virou lousa

Se moderno hoje é ser retrô, então por que não colocar na cozinha aquela geladeira velha da família e que ninguém mais quer? Fique com ela! Mande arrumar e depois pinte-a com tinta para lousa. Pronto: o que estava para ser descartado ganhou vida e função novas: agora também é painel de recados. Quem inventou foram os arquitetos Felipe Torres e Jakeline Dutra. “Tudo aquilo que está na garagem dos pais ou dos avós pode e deve ser criativamente misturado com peças contemporâneas, revelando a preocupação com o consumo consciente e reutilização de materiais”, avaliam.

Para transformar a velha geladeira em lousa-geladeira você precisa de uma latinha (0,9 L) de esmalte escolar fosco, que pode ser verde ou preto (várias marcas), e custa por volta de R$ 20,00.

Foto: Felipe Torres e Jakeline Dutra

Fogão na escrivaninha

No mesmo projeto, a dupla usou uma mesa mineira antiga para embutir um cooktop. Garrafas de vidro verde colocadas de ponta cabeça viraram luminárias e velhos relógios, medidores de luz ou água e nanômetros agora são peças decorativas.

Foto: Felipe Torres e Jakeline Dutra

Criatividade no Cantinho Literário

A arquiteta Aline Araújo reuniu seis caixotes de feira e os transformou numa charmosa estante. “É só lixar e pintar ou aplicar verniz”, ensina. Depois, foram fixados e ganharam rodízios. Bem simples.

Foto: Ana Paula Sarmento e Marcus Lacerda

O balde agora é luminária

Quem diria, aquele balde de metal usado em obras, aqui virou uma elegante luminária. A proposta é da dupla Cláudio Maurício da Silva e Paulo Henrique Gonçalves. É só furar a base e passar a fiação. No mesmo ambiente, ainda usaram vergalhões de obra como divisória!

Foto: Cláudio Maurício da Silva e Paulo Henrique Gonçalves

Criatividade na hora de aproveitar aquele balde velho para transformá-lo em luminária!

Foto: Cláudio Maurício da Silva e Paulo Henrique Gonçalves

Molas de colchão fora da cama

Uma estrutura de metal de um velho colchão de molas pode assumir vários papéis. Entre eles, o de uma divisória, ou biombo,como sugerem as designers de interiores Joana Salgueiro di Marino e Andréa Penna. Mas a peça também serve de painel para prender os vasos de um jardim vertical ou como um grande porta-recados. É só usar usar ganchinhos e pregadores.

Criatividade para usar as molas velhas de colchão

Foto: Joana Salgueiro di Marino e Andréa Penna

Da panela para a porta

Sabe a boa e velha colher de pau que nossas avós usavam na cozinha? As designers de interiores deram outra função para ela: puxador de porta! 

Quanto custa ? O puxador, feito com uma colher de pau e dois suportes de varão de cortina. Pode sair por R$ 20 (R$ 6 da colher com 60cm e R$ 14 do par de suportes de madeira).

Foto: Danielle Boggiss e Márcia Magalhães

Texto: Redação Alto Astral | Colaboradores: Danielle Boggiss, Márcia Magalhães,  Joana Salgueiro di Marino, Andréa Penna, Cláudio Maurício da Silva, Paulo Henrique Gonçalves, Felipe Torres, Jakeline Dutra, Aline Araújo, Ana Paula Sarmento e Marcus Lacerda. 

LEIA TAMBÉM