Não deixe para depois! Retome os exercícios físicos em casa

A pandemia fez com que mais pessoas abandonassem a academia para praticar exercícios físicos em casa; veja dicas para melhorar o desempenho

A prática de atividades físicas em casa faz bem para a saúde e para a mente
A prática de atividades físicas em casa faz bem para a saúde e para a mente - Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 11/04/2022 às 10:22
Atualizado às 10:24

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Com o isolamento social, decorrente da pandemia da Covid-19, a prática de exercícios acabou ficou em segundo plano, não é mesmo? Porém, saiba que dá para praticar exercícios físicos em casa, sem a necessidade de ir a uma academia, principalmente se você ainda não se sente o confortável o suficiente para frequentar esse ambiente.

E o melhor é que dá para perder peso fazendo exercícios físicos em sua residência. Segundo o preparador físico Willian Oliveira, “com um treino de 30 a 45 minutos diários, mais o controle das calorias ingeridas, conseguimos ter uma ótima perda de peso e melhora no condicionamento cardiovascular”, afirma o profissional.

No entanto, para manter a rotina de atividades em casa, é necessário planejamento. Dá para se inspirar em exercícios disponibilizados por educadores físicos nas redes sociais, por aplicativos, vídeos ou planos de aula on-line, com acompanhamento profissional. 

Anote algumas dicas para encontrar motivação e começar a se exercitar com segurança:

Faça um aquecimento

Segundo o ortopedista Layron Alves, especialista em ombro e cotovelo, antes de começar a rotina de exercícios físicos em casa é preciso se aquecer. “É importante se preparar e adaptar o corpo para os exercícios e, assim, evitar lesões, e trazer mais resistência e força para o organismo”.

Cerca de 10 minutos movimentando o corpo e usando cargas mais leves do que as do treino são suficientes para aumentar a temperatura corporal e preparar os músculos para os exercícios intensos. 

Use roupas adequadas

É importante se vestir com roupas leves, peças que não limitem os movimentos do corpo, além de um bom tênis para absorver o impacto das atividades. Tire o look da academia do fundo do armário e coloque-o para suar de novo.

Respeite seus limites

Depois de um tempo sem se exercitar com uma frequência e intensidade consistentes, o corpo tende a ficar mais limitado ao voltar.

Por isso, se você era iniciante antes, comece por aí e vá se acostumando com o ritmo novamente. Se já estava mais avançada, inicie pelo básico para se adaptar. Gradualmente, você vai pegando a intensidade que costumava ter.

“Exigir demais do seu corpo pode colocar sua saúde em risco”, destaca Layron. É necessário ter cuidado ao realizar os movimentos e se atentar qualquer dor ou desconforto.

Atente-se aos materiais

O ideal é adquirir equipamentos adequados de treino, como pesos, elásticos, colchonetes e bancos. Alguns objetos de casa conseguem ajudar nos exercícios, como garrafas pet com pedrinhas, cadeira e até uma mochila. Entretanto, fique atento se o objeto aguenta o seu peso.

Antes de começar, afaste móveis e objetos que possam quebrar ou aumentar o risco de lesões. Coloque um tapete ou um colchonete na hora de realizar exercícios no chão e tenha atenção aos itens improvisados para não colocar uma carga maior do que o ideal. 

Cuide da alimentação

Manter uma dieta balanceada é essencial para notar uma melhora na saúde e progresso no condicionamento físico.

“Independentemente do tipo de atividade física, é essencial ter uma alimentação adequada com proteínas, cálcio e outras vitaminas. Além disso, procure ter uma boa noite de sono e aposte no consumo de água antes e depois do treino, pois ela garante a reposição de líquidos perdidos”, indica o ortopedista. 

Fontes:SportLife; Layron Alves, ortopedista; Willian Oliveira, preparador físico.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.