5 dicas para entender seu gato de uma vez por todas

Adeus, felino misterioso! Com essas informações, você vai entender seu gato facilmente e deixá-lo ainda mais feliz!

Prestar atenção no comportamento do bichano é uma das dicas!
Prestar atenção no comportamento do bichano é uma das dicas! - Shutterstock

por Thaís Lopes Aidar
Publicado em 23/01/2022 às 15:00
Atualizado às 15:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Cada vez mais os gatos ocupam espaços nos lares com seus arranhadores, caixa de areia e muito mistério. Curiosos, engraçados e preguiçosos, esses bichanos rendem muitos momentos de fofura e descoberta.

Mas esse lado misterioso, apesar de engraçado, pode causar alguma dificuldade em entender o que o felino quer e/ou precisa, né? Pensando nisso, separamos algumas dicas da veterinária Letícia Stella para te ajudar a desvendar o comportamento do animal e facilitar essa relação, deixando-o ainda mais feliz. Vem ver! 

O que passa na cabeça do meu gato?

Se você já se fez essa pergunta, saiba que não está sozinho! No entanto, embora frequente, os especialistas ainda não encontraram uma resposta definitiva para ela.

"Pensar que os gatos são antissociais ou interesseiros é um grande erro, principalmente quando comparados aos cães, afinal, são espécies diferentes, com comportamentos diferentes", ressalta a veterinária.

Ela destaca ainda que alguns estudos revelam que os bichanos nos enxergam como "gatos maiores" e isso explica seu comportamento com os tutores. Curioso, né? Sendo assim, ainda que não seja fácil entender o que se passa na mente felina, vale não fazer comparações e focar sempre no comportamento do animal. 

Mudança comportamental pode indicar estresse

Quando falamos em mudanças no comportamento dos gatinhos significa até mesmo as menores e mais imperceptíveis, viu? Isso porque, essa é a forma que o pet tem de mostrar que algo não vai bem e "pedir" ajuda.

Algumas das alterações que podem indicar problemas de saúde são: 

  • parar de se alimentar ou ter menos apetite;
  • diminuir ou aumentar o consumo diário de água;
  • não urinar ou defecar nos intervalos regulares;
  • brincar menos;
  • estar indisposto;
  • miar de forma diferente ao habitual;
  • ter coceiras intensas ou anormais;
  • parar de pular ou subir em locais e objetos;
  • lamber uma região específica e com mais frequência.
como entender o gato?
Um ambiente enriquecido com brinquedos é muito importante para os gatos (Foto: Shutterstock)

A comunicação é muito importante

Segundo a especialista, os gatos utilizam da linguagem corporal para se comunicar tanto com outros felinos, como com seus tutores. Um grande exemplo disso é ronronar, sabia?

Normalmente, o ronronar significa felicidade e satisfação. Mas, se associado a outros sinais, pode indicar fome ou até dor. Fique de olho! Além disso, quando o pet se esfrega ele está demonstrando carinho e confiança. Fofo, né?

Por fim, as orelhas também podem ser um bom índice: quando abaixadas, demonstram medo, mas se estiverem erguidas e para trás indicam agressividade!

O dilema do banho

Difícil falar sobre entender os gatos sem tocar no assunto do banho, né? Embora digam que os pets não devem tomar banho, isso não é verdade. "Você pode dar, mas não precisa ser com tanta frequência, pois os pelos do animal contêm óleos essenciais à saúde. Além disso, apostar em uma boa escovação ou no banho a seco já é bastante útil e menos estressante", explica Letícia.

Se decidir levar o bichano para a água, lembre-se de usar produtos específicos para gatos. Em seguida, não se esqueça de secar e recompensar seu pet após o breve momento de estresse. 

Faça seu gatinho feliz

Se a pauta é felicidade, saiba que um gato feliz é um gato saudável! Então, mantenha a vacinação em dia, faça a castração, leve-o regularmente ao médico e ofereça caixas de areia limpas.

"É importante ainda enriquecer o ambiente com brinquedos, comedouro interativo, prateleiras e casinhas no alto. Além disso, uma alimentação de boa qualidade é fundamental para manter o pet sempre bem nutrido", acrescenta a veterinária. 

Ah! E não se esqueça do principal: proporcione sempre carinho, amor, conforto e atenção ao seu gatinho!

Fonte: Letícia Stella, médica-veterinária cadastrada na plataforma de serviços GetNinjas.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.