O poder do nono mandamento: Não desejar a mulher do próximo

Ao desejar o que é do outro, estamos pecando e desobedecendo aos ensinamentos do Pai. Confira o poder do nono mandamento e receba graças!

None
Foto: iStock

por Redação Alto Astral
Publicado em 20/01/2017 às 11:39
Atualizado às 11:53

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Os dez mandamentos são as leis de Deus ao povo para o caminho de uma vida liberta da escravidão do pecado. Tendo como mandamentos o amor a Deus e também ao próximo, o decálogo é uma poderosa fonte de proteção e aproximação ao Nosso Senhor. No nono mandamento, fica proibido o desejo a mulher do próximo.

placa nono mandamento

Foto: iStock

O poder do nono mandamento

PASSAGEM BÍBLICA

17 Não cobice a casa do seu próximo, nem a mulher do próximo, nem o escravo, nem a escrava, nem o boi, nem o jumento, nem coisa alguma que pertença ao seu próximo.” (Êxodo 20: 17)

REFLEXÃO

A inveja é um dos sete pecados capitais. Assim, ao desejar o que é do outro, estamos, ao mesmo tempo, pecando e desobedecendo aos ensinamentos do Pai. Sabemos que as pessoas não são objetos para pertencerem a outras pessoas, por isso, o que invejamos, muitas vezes, são os relacionamentos em si. Como fracos que somos, desejamos que a família unida e feliz do vizinho fosse a nossa. Ao ter esses pensamentos pecadores, esquecemos que com a graça de Deus também somos capazes de fazer da nossa família um poço de doçura. Quem segue a palavra do Senhor é capaz de tirar a inveja do coração e transformar fel em mel.

ORAÇÃO SOBRE O MANDAMENTO

Reze com fé em Deus para que o Pai tire a cobiça do seu coração e lhe faça ver que você também é capaz de ter um namoro e um matrimônio feliz sem invejar os vizinhos. Comece agradecendo por ter alguém que lhe enxerga com olhos de amor.

“Agradeço, meu querido Deus, pelo amor que recebi desde o momento em que encontrei a pessoa certa para ser o meu parceiro. Agradeço o carinho que me ensinastes a ter, para doar àquele que faz meu coração feliz. Agradeço todo dia à paz que trazes ao meu espírito, pela tranquilidade que minha alma tem ao suportar tanto amor e não explodir na ânsia de querer me emaranhar nas entranhas da alma de quem amo. Agradeço a vossa venerada paixão, meu Deus, que me oferecestes sem querer nada em troca. Por esse eterno amor, Pai, vou louvar vosso nome todos os momentos de minha vida, pois acredito que essa seja uma maneira cheia de fidelidade e verdade de agradecê-lo pela imensidão daquilo que ofereces a mim e a todos os seus filhos. Obrigado Pai. Assim seja!”

LEIA TAMBÉM

Edição: Rafael Barbosa/Colaborador | Design: Deicimar Machado

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.