FAMOSOS

Maraisa revela que sofre de alopecia androgenética; saiba mais sobre a doença

Mais comum em homens, a alopecia androgenética deixa falhas no couro cabeludo. Entenda mais sobre a doença que afeta a cantora Maraisa, dupla com Maiara.

None
Reprodução: Instagram

por Daniela Orlandi
Publicado em 16/02/2021 às 11:03
Atualizado às 11:32

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Maraisa, dupla com Maiara, surpreendeu ao revelar que convive com alopecia androgenética. Em conversa com os fãs nas redes sociais, a cantora falou sobre sua condição e mostrou as falhas no cabelo causadas pela doença.

Com os fios mais curtos para tratar a condição, a famosa comentou que também está dando um tempo no uso de apliques.

Créditos: Reprodução / Instagram

Segundo a dermatologista do Hospital Santa Catarina, Dra. Rafaella Caruso, existem diversas manifestações e causas da doença, mas é importante diferenciar entre a cicatricial, na qual ocorre a destruição do folículo, e a não cicatricial, quando pode ocorrer uma recuperação.

A alopecia androgenética, conhecida como calvície, é causada por fatores genéticos relacionados à taxa de testosterona no sangue, logo, mais comum em homens. Nesse caso, Rafaella explica: “Os fios sofrem um processo de afinamento, temos uma diminuição no número de folículos e o paciente sente que está ficando com cada vez menos cabelo”.

No caso da mulher, a ação dos hormônios femininos, estrógeno e progesterona, protegem os folículos da ação da testosterona. Além disso, a produção deste hormônio é em quantidade bem reduzida em relação aos homens.

O principal sinal indicativo da alopecia é a perda de mais de 100 fios de cabelo por dia ou quando é possível visualizar facilmente o couro cabeludo em determinadas partes da cabeça, geralmente são falhas circulares, meio ovaladas.

Algumas causas comuns são: uso de medicamentos, estresse, produtos químicos, má alimentação, herança genética, menopausa, doenças e condições subjacentes.

“Tem alguns gatilhos emocionais. Estresse emocional é sempre muito citado. Esses gatilhos podem desencadear ou progredir a doença”, complementou a médica dermatologista.

Por fim, vale ressaltar que nesses casos a avaliação médica é imprescindível para identificar a doença e realizar o tratamento mais adequado de acordo com o quadro do paciente.

Além da sertaneja, Lucas Penteado, ex-BBB 21, também possui a condição no couro cabeludo.

Consultoria: Dra. Rafaella Caruso, Hospital Santa Catarina / Texto: Daniela Orlandi