Prato colorido: confira os alimentos certos para alcançar a boa forma

São seis cores e o ideal é que sua refeição principal tenha, no mínimo, três delas. Confira os alimentos para ter um prato colorido sem sabotar a dieta

None
Foto: Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 06/02/2018 às 08:36
Atualizado às 12:25

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Você já deve ter escutado que quanto mais colorido for o seu prato, melhor. Isso porque a cor de cada alimento representa a predominância de determinados nutrientes e o princípio ativo capaz de trazer benefícios ao seu corpo. São seis cores diferentes e o ideal é que sua refeição principal tenha, no mínimo, três delas; para isso, os legumes podem dar uma força. Acerte na escolha dos alimentos e entenda a diferença que um prato colorido proporciona para o alcance da boa forma!

Branco

batata doce é anti-inflamatória

Foto: Shutterstock.com

Os pigmentos que dão a cor branco-verde – quercetina, campferol, alicina – têm ação anti-inflamatória. Combater a inflamação das células corporais é importante pois elas causam inchaço no corpo e trazem prejuízos para quem quer ter uma barriga lisinha e um organismo funcionando bem. Para descartar as toxinas, aposte em alimentos como como couve-flor, batata, nabo, repolho e cebola, que também auxiliam contra as doenças cardíacas, possuem ação antibacteriana e antiviral.

Roxo

berinjela e fita métrica

Foto: Shutterstock.com

Ricos em antocianina – pigmento que dá a cor arroxeada à beterraba, berinjela e repolho roxo. O pigmento está ligado à vitamina B3 (niacina), reconhecida por melhorar a atividade cerebral e a disposição, ajudar na conversão dos carboidratos e outros nutrientes em energia e retardar o envelhecimento celular. Além disso, também são excelentes antioxidantes.

Amarelo

cenoura

Foto: Shutterstock.com

Alimentos cuja cor é o laranja-amarelo (formado por pigmentos de betacaroteno e betacriptoxantina) evitam alguns tipos de câncer, como o de mama. Legumes como cenoura, abóbora e pimentão ainda são ricos em vitamina B3 e ácido clorogênico, que atuam como antioxidantes e auxiliam na produção de colágeno do cabelo e da pele, garantindo firmeza e afastando a flacidez.

Marrom

aveia é boa para regular o intestino e combater o inchaço

Foto: Shutterstock.com

Neste grupo entram os legumes de cor branca, tais como batata, nabo e couve-flor, além de leguminosas, oleaginosas (e cereais, como aveia, nozes, castanhas, feijão e lentilha). Ricos em fibras e em vitaminas do complexo B, melhoram o funcionamento do intestino, evitando o inchaço abdominal e controlam a ansiedade, que por vezes é um fator que sabota a dieta e te faz descontar  suas emoções na alimentação.

Verde

pepino emagrece

Foto: iStock.com/Getty Images

Os legumes que fazem parte deste grupo – pepino, vagem, pimentão verde e brócolis – são ricos em minerais como cálcio, fósforo e ferro, vitaminas como A, C e E. Dentre os benefícios, estes alimentos atuam na desintoxicação das células, inibindo a ação dos radicais livres, favorecendo a oxigenação celular, e também contribuem para a saúde da pele e dos cabelos.

Vermelho no  prato colorido

tomate vermelho rico em licopeno

Foto: Shutterstock.com

Alimentos como tomate e pimentão vermelho são ricos em licopeno, substância que dá essa cor característica e possui importante ação antioxidante e anticancerígena para o organismo, além de prevenir o envelhecimento precoce.

Montar prato colorido significa prezar pela qualidade e harmonia de nutrientes no prato. Além de tornar a refeição mais agradável aos olhos, elas garantem que você consuma diferentes tipos de vitaminas e minerais. “As cores dos alimentos são determinadas pela presença de pigmentos, substâncias que desempenham papéis importantes na prevenção e na proteção do organismo”, explica a nutricionista Karyna Pugliese.

Texto: Larissa Faria/Colaboradora | Consultoria: Christine Neves, Karyna Pugliese e Marcia Dal Medico, nutricionistas; Tamara Mazaracki, nutróloga e médica ortomolecular

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.