Diminua o risco de ter um AVC com atitudes simples!

Hipertensão arterial, colesterol e triglicérides elevados, diabetes e tabagismo, se livre de tudo osso e diminua o risco de ter um AVC

None
Alguns sinais de AVC são: fraqueza nos membros, assimetria facial e problemas na fala. Foto: iStock.com/ Getty imagens

por Redação Alto Astral
Publicado em 10/03/2017 às 12:46
Atualizado às 13:37

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Existem condições que podem aumentar as chances de uma pessoa desenvolver algumas doenças, dentre elas, o Acidente Vascular Cerebral (AVC), popularmente conhecido como derrame. Certos fatores de risco podem ser evitados, controlados e até tratados com pequenas mudanças na vida do paciente. Confira essa matéria e diminua o risco de ter um AVC!

mulher com as mão na cabeça

Alguns sinais de AVC são: fraqueza nos membros, assimetria facial e problemas na fala. Foto: iStock.com/ Getty imagens

Hipertensão arterial

É o principal fator de risco para o AVC, tanto isquêmico quanto hemorrágico. Segundo estatísticas do Hospital Albert Einstein, pessoas com pressão alta têm de quatro a seis vezes mais chances de sofrerem um derrame. Ao longo do tempo, o quadro de hipertensão leva à aterosclerose, acúmulo de placas de gordura nas artérias, e ao enrijecimento das mesmas, o que pode causar o bloqueio ou obstrução de vasos sanguíneos e também ao enfraquecimento das paredes das artérias, provocando a ruptura.

Colesterol e triglicérides elevados

As altas taxas de colesterol podem aumentar o risco de derrame indiretamente, já que elas contribuem para o aparecimento das doenças cardíacas que são importantes fatores de risco. Além disso, a formação das placas de gordura nas artérias pode causar o bloqueio do fluxo de sangue para o cérebro e assim causar um AVC isquêmico.

Diabetes

Vários estudos comprovaram que pacientes com diabetes apresentam o dobro de chances de terem um AVC em comparação com aqueles que não convivem com a doença.

Tabagismo

mulher olhando cartela de anticoncepcional

O anticoncepcional, junto com o tabagismo deixa o sangue mais viscoso, mais propício para AVC. Foto: Shutterstock

É de conhecimento das pessoas que o cigarro faz mal à saúde devido à fumaça, capaz de produzir diversos efeitos nas artérias do cérebro causando danos. O tabagismo também é um fator de risco para doenças cardíacas, além de aumentar a pressão arterial, diminuir a capacidade de realizar exercícios físicos e favorecer a formação de coágulos sanguíneos. O risco é ainda maior para mulheres fumantes e que fazem uso de anticoncepcional.

LEIA MAIS:

Consultoria: Álvaro Pentagna, neurologista do Hospital e Maternidade São Luiz Itaim
TAGSAVC

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.