ESTILO DE VIDA

Amaranto: uma preciosidade desconhecida

Bom para controlar o colesterol, o amaranto é um pseudocereal. Fonte de cálcio e proteínas, ele não contém glúten e também pode ser consumido por celíacos.

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 31/08/2016 às 22:26
Atualizado às 20:59

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

De origem andina e primo da quinoa, porém com a vantagem de ser menos calórico, o amaranto é um pseudocereal. Fonte de cálcio e proteínas, ele não contém glúten, podendo ser consumido por celíacos. Rico em minerais como zinco, potássio, ferro e fósforo, o alimento ainda possui muitas fibras, que ajudam a gerar a sensação de saciedade prolongada, evitando ataques a guloseimas e colaborando, assim, para o emagrecimento e boa forma.

Amaranto, cru, grão, orgânico, semente, colher, tigela

Foto Shutterstock.com

Arma contra o colesterol

Seu consumo regular e em uma dieta equilibrada ajuda na redução dos níveis de colesterol ruim (LDL) no sangue e, consequentemente, na prevenção de doenças cardiovasculares, já que as proteínas, o óleo e as fibras encontrados no alimento atuam na desobstrução das artérias e controle da absorção de colesterol. Por essas e outras vantagens, o amaranto é considerado um alimento funcional. Vale lembrar que a prática de exercícios físicos é fundamental para manter a saúde do coração.

Como deve ser consumido?

Encontrado principalmente em lojas especializadas em produtos naturais, o amaranto é vendido na forma de grão, flocos e farinha. Em grão, pode ser refogado ou utilizado em preparações como sopas, tortas, bolos e barras de cereais. Também é possível fazer pipoca, levando os grãos à alta temperatura. A farinha ou flocos podem ser adicionados a sucos, vitaminas, iogurtes e frutas. Uma ou duas colheres (sopa) por dia é o ideal.

Saiba mais:

Quais os melhores grãos e cereais para cada refeição?

Por que a aveia é tão poderosa para a dieta?

5 águas funcionais que turbinam sua saúde