5 séries com representatividade trans para maratonar hoje

Hoje, no Dia Nacional da Visibilidade Trans, recomendamos 5 séries incríveis representatividade trans para você assistir!

None
Foto: Shutterstock

por Flavia Gonçalves
Publicado em 29/01/2021 às 13:38
Atualizado às 13:38

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O Dia Nacional da Visibilidade Trans é celebrado nesta sexta-feira, 29 de janeiro. A data simboliza a luta contra o preconceito e pela garantia de direitos por toda a comunidade trans.

Mas você sabe o porquê da visibilidade trans ser celebrada neste dia? Tudo começou há 17 anos, em 2004, quando o Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde (DDAHV) iniciou a primeira campanha contra a transfobia. Mulheres e homens transexuais e travestis foram ao Congresso Nacional, em Brasília, para participarem da campanha “Travesti e Respeito”, marcando, portanto, o dia 29 de janeiro permanentemente.

E para celebrar esta data importante, separamos 5 séries incríveis com representatividade trans que você pode maratonar hoje mesmo. Veja!

5 séries com representatividade trans para maratonar ainda hoje

Sense8

Apesar de conter apenas duas temporadas, a série carrega uma legião de fãs que gostaria, até hoje, de uma continuação. Sense 8, disponível na Netflix, foi criada pelos irmãos Andy e Lana Wachowski, também criadores da trilogia cinematográfica Matrix. A representatividade na série está na personagem Nomi, que é uma ativista transgênero e hacker, vivida pela atriz também trans Jamie Clayton. Nomi tem outro papel importante, por ser lésbica, a personagem prova que transexualidade não tem nada a ver com a orientação sexual.

Orange Is The New Black

A série que ganhou tamanha popularidade se passa em uma prisão e uma de suas grandes personagens é a Sophia Burset, interpretada pela atriz transexual Laverne Cox. Na série, Sophia foi presa por fraude e, após o episódio que conta sua história, conquistou boa parte dos espectadores. A atriz chegou a receber uma indicação ao Emmy Awards na categoria Melhor Atriz Convidada numa Série de Comédia em 2014. Assista Orange Is The New Black na Netflix.

American Horror Story

Quando o assunto é representatividade trans, definitivamente American Horror Story se destaca! A produção de Ryan Murphy, criador de Glee, não trata diretamente de vivências de personagens LGBTQIA+, mas todas as suas temporadas possuem personagens da sigla. Chaz Bono e Erika Ervin são dois atores trans que já participaram da trama. Você pode maratonar a série na Amazon Prime Vídeo e também no GloboPlay.

Pose

Criada também por Ryan Murphy, Pose tem o maior elenco transexual, transgênero e travesti da história. A série faz sucesso na Netflix e narra a vivência de pessoas relacionadas aos ballrooms nos Estados Unidos nos anos 1980 e 1990. Temas como preconceitos estruturais e violência são tratados com notoriedade em Pose. Uma curiosidade interessante: Billy Porter, um dos protagonistas da série, foi o primeiro homem negro gay indicado à categoria de Melhor Ator.

The Fosters

O show, produzido pela Freform, apresenta dois personagens trans: Cole, interpretado por Tom Phelan, e Aron, vivido por Elliot Fletcher. Em ambos os casos, os personagens são também interpretados por atores transsexuais. Elliot já fez parte da série Faking It da MTV que, inclusive, é também uma ótima recomendação de série com representatividade trans. The Fosters está disponível na Amazon Prime Vídeo e no GloboPlay.

Leia também:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.