10 motivos que provam: o novo Caça-Fantasmas é incrível!

A nova versão do clássico Caça Fantasmas, que estreia hoje no Brasil, começou envolto em polêmicas, mas promete ser uma ótima pedida para dar boas risadas!

None
As Caça Fantasmas 2016

por Redação Alto Astral
Publicado em 14/07/2016 às 16:26
Atualizado às 16:26

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Antes mesmo de ser lançado, o filme ‘Caça-Fantasmas‘ já começou numa polêmica. Tudo isso porque os novos protagonistas do remake seriam, na realidade, quatro mulheres!

O filme, que estreia nessa quinta (14), é uma versão do longa criado em 1984. Neste novo ‘Caça-fantasmas’, as nova-iorquinas Erin (Kristen Wiig), Abby (Melissa McCarthy), Jillian (Kate McKinnon) e Patty (Leslie Jones) têm o dever, enquanto heroínas, de salvar a cidade do ataque dos clássicos fantasmas.

As Caça Fantasmas 2016

O que aconteceu em 2014, quando a Sony revelou que faria uma versão com elenco feminino, surpreendeu muita gente. O diretor e as atrizes sofreram diversos ataques machistas, enquanto usuários se uniam para ‘negativar’ o primeiro trailer do filme no Youtube, transformando-o no filme “mais odiado” da rede.

Mas a verdade é que o longa traz um elenco feminino com algumas das melhores comediantes dos Estados Unidos e carrega uma mensagem feminista que vem se opondo a toda essa onda de raiva. Que tal conferir motivos ótimos para assistir a estreia no cinema?

1. Mulheres protagonistas

O blockbuster ‘Caça-fantasmas’ inaugura uma ideia que já era esperada (em especial pelas mulheres) no mundo todo: personagens femininos como protagonistas que tenham aprofundamento, e uma trama que não tem problemas amorosos como história principal. A pegada feminista pode ser vista em todo o longa e garante ótimas risadas, além de mostrar a amizade entre as mulheres e combinar humor e muito sarcasmo em piadas inteligentes.

As Caça Fantasmas 2016

2. Um elenco de arrepiar

As atrizes Melissa McCarthy, Kristen Wiig, Kate McKinnon e Leslie Jones são a primeira e melhor característica do filme. Velhas conhecidas do público norte-americano e humoristas no programa “Saturday Night Live”, elas conferem um humor ácido, cheio de referências e com uma pegada de inversão de papéis de gênero, provocando risadas à parte.

Caça Fantasmas 2016

3. O longa é cheio de homenagens

Para quem está preocupado em “não perder as boas memórias da infância”, o diretor Paul Feig teve a preocupação de inserir diversas referências ao primeiro filme, conferindo um humor ainda mais interessante na mistura das duas tramas. Além disso, são vários os momentos em que os atores do clássico reaparecem no novo filme. Dá pra matar a saudade!

Caça Fantasmas 2016

4. Grandes parcerias

‘Caça-fantasmas’ marca a quarta colaboração entre o diretor Paul Feig e a atriz Melissa McCarthy, e é só relembrar quais foram os filmes que eles trabalharam juntos para perceber que essa parceria rende muito: “A Espiã que Sabia de Menos“, “As Bem Armadas” e “Missão Madrinha de Casamento”, filmes cheios de comédia e que dão bastante protagonismo para as mulheres.

As Caça Fantasmas 2016

5. Chris Hemsworth é um ótimo motivo

Chris Hemsworth, que se consagrou como um dos queridinhos de Hollywood  interpretando o famoso super-herói ‘Thor’, aqui é o personagem ‘Kevin‘, que já veio como piada pronta: um secretário bonitão, burro e objetificado pelas caça-fantasmas. A ideia era justamente inverter os papéis de gênero que são sempre vistos no cinema, em que as mulheres bonitas são personagens secundários ou sem inteligência nenhuma. Mas o humor e o sarcasmo do personagem de Chris vai garantir algumas das melhores risadas do filme.

As Caça Fantasmas 2016

6. Os elencos se adoram

No programa “Jimmy Kimmel Live”, um reencontro emocionou os velhos (e novos) fãs dos Caça-fantasmas. O elenco do primeiro filme, de 1984, formado por Bill Murray, Dan Arkroyd, Ernie Hudson e Annie Potts encontrouas personagens femininas do filme de 2016. Demais!

As Caça Fantasmas 2016

7. A música-tema chiclete

Criada pelo cantor Ray Parker Jr para a versão de 1984, a música-tema do filme é capaz de ficar na sua cabeça durante todo o longa (e depois que você terminar de assistir). Para a versão 2016, um remake mais instrumentalizado, moderno e com cantores da atualidade também deu o que falar. Confira:

8. Meninas estão se sentindo representadas

Muita gente comentou: “mas as nossas memórias de infância do filme clássico serão apagados com esse remake”. Na verdade, o que está acontecendo é que meninas do mundo inteiro estão se sentindo representadas e criando novas memórias de infância com um filme onde mulheres podem ser super-heroínas. Grande ideia!

As Caça Fantasmas 2016

Foto: Reprodução/Twitter. “Puxa vida, mais uma infância arruinada pelos Caça-Fantasmas”

9. Fantasminhas clássicos estão de volta

Como todo bom remake (quando surge uma nova versão do filme, mas sem apagar a história original), o longa dá espaço para que clássicos e queridos fantasminhas já conhecidos do público retornem: o Geleia e o Homem de Marshmallow Stay Puft, prometem arrancar muitas risadas dos pequenos e também dos adultos.

As Caça Fantasmas 2016

10. O trailer vai te deixar ansiosa para assistir!

A série de trailers lançados pela Sony Pictures desde 2014 provocou enormes polêmicas por causa dos personagens femininos. Mas apesar disso, o vídeo dá uma pequena ideia de tudo o que você pode esperar de um dos filmes mais interessantes do ano.

O pontinho negativo

Para quem se apaixonou pela ideia do filme, um dos poucos pontos negativos do roteiro acaba esbarrando justamente na questão da representatividade. Patty, vivida pela comediante Leslie Jones, não ganha muito espaço na história, além de ter um emprego ‘subalterno’ em comparação com as outras três, que são cientistas. Como é a única mulher negra do filme, o caso acabou gerando repercussão sobre a falta de representatividade de mulheres negras no cinema. 

Caça Fantasmas 2016

Fotos: Divulgação

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.