Aprenda a classificação e o emprego dos pronomes indefinidos!

Os pronomes indefinidos referem-se a terceira pessoa de forma vaga e imprecisa e são divididos em variáveis e invariáveis

None
FOTO: iStock/Getty Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 04/11/2016 às 09:45
Atualizado às 18:45

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Os pronomes indefinidos referem-se a terceira pessoa de forma vaga e imprecisa. Os principais pronomes indefinidos são:

Variáveis: algum(a), alguns, algumas, muito(s), muita(s), nenhum(a), nenhuns, nenhumas, outro(s), outra(s), todo(s), toda(s), certo(s), certa(s), pouco(s), pouca(s), qualquer, quaisquer, quanto(s), quanta(s), tanto(s), tanta(s), vários, várias, qual, quais, um, uma(s), uns.

Invariáveis: algo, alguém, cada, mais, menos, nada, ninguém, outrem, tudo. Também aparecem em forma de locuções pronominais como: cada qual, qualquer um.

lápis, caderno, mesa de madeira, pronomes indefinidos

FOTO: iStock/Getty Images

Como empregar os indefinidos?

• Quando o pronome “algum” vier depois de um substantivo se torna negativo, passa a equivaler a “nenhum”. Exemplos: Dinheiro algum me fará mudar de ideia. / Não foi constatada fraude algum.

• O pronome “cada” deve vir acompanhado de um substantivo ou de um numeral.

LEIA TAMBÉM

Texto: Redação Edição: Angelo Matilha Cherubini