CASA & DECOR

Tijolo ecológico: 3 razões para escolher esse sistema construtivo

Conheça o tijolo ecológico e confira as vantagens de utilizá-lo em suas construções, tanto para o bolso quanto para o meio ambiente!

None
Foto: Nenad Radvanovic

por Redação Alto Astral
Publicado em 22/11/2016 às 19:42
Atualizado às 16:57

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Com recursos mais escassos, é preciso colaborar cada vez mais com o meio ambiente. A arquiteta Juliana Lahóz indica possibilidades de materiais sustentáveis em seus projetos, sendo um deles o tijolo ecológico. Confira três motivos para escolhê-los:

Construção utilizando tijolo ecológico

Foto: Nenad Radvanovic

Meio ambiente

O tijolo ecológico é uma mistura de argila e cimento que não é queimada em forno, mas curada com água. Dessa forma, não gera gases poluentes, nem se beneficia do desmatamento. Para a queima de mil unidades de tijolos cerâmicos convencionais, são utilizadas cerca de seis árvores de médio porte.

Mais bonito

Não é necessário rebocar e pintar, economizando materiais e tempo para finalização da obra. Tijolos ecológicos já possuem um bom acabamento e são esteticamente bonitos quando aparentes. “Caso queira deixar sem revestimento, é preciso apenas de um impermeabilizante à base de silicone ou acrílico para finalização”, acrescenta Juliana.

Economia garantida

Esse tipo de tijolo possui encaixes que favorecem o alinhamento das paredes, reduzindo a quantidade de massa de assentamento e resultando em menos gasto para quem escolhe o material. “Com esse material, o peso das estruturas é distribuído ao longo da parede. Portanto, também não há necessidade de superestrutura de concreto”, explica a arquiteta. O tempo de finalização do projeto também tende a diminuir cerca de 30% se comparado à alvenaria convencional. Além disso, por terem furos centralizados, evitam quebras para instalação de sistema hidráulico e elétrico, gerando menos entulho e resíduos.

Texto: Jussara Tech | Consultoria: Juliana Lahóz, arquiteta e urbanista, julianalahoz.com

LEIA TAMBÉM