Móveis coloridos: 4 ideias para se inspirar

Com a marcenaria colorida, seus móveis podem trazer um toque de cor para os ambientes

Os móveis coloridos podem trazer mais alegria e vivacidade para os ambientes!
Os móveis coloridos podem trazer mais alegria e vivacidade para os ambientes! - Shutterstock

por Mayra Cardozo
Publicado em 17/02/2022 às 19:00
Atualizado às 19:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quando se fala de móveis para a casa, quase sempre pensamos em tons mais naturais e neutros, como a cor de madeira, né? Porém, essa não é necessariamente uma regra. Por isso, que tal investir em uma mobília mais colorida? Essa é uma maneira de contribuir para um ambiente mais alegre e com uma aparência mais criativa.

E existem várias formas de usar a marcenaria colorida, sendo que cada uma delas pode trazer um estilo diferente para o seu lar, viu? “A marcenaria nos permite criar tudo da maneira mais personalizada possível. Por isso, é sempre uma ótima pedida apostar nela para dar mais vida e cor ao seu décor”, afirma a arquiteta Carina Dal Fabbro.

Então, se você está pensando em deixar a sua casa um pouco mais colorida, confira essas 4 ideias da arquiteta e se inspire:

Mistura de cores

Muitas vezes temos a impressão de que todos os móveis de um ambiente devem ser do mesmo tom para combinar, mas isso não é necessariamente verdade, sabia? Inclusive, a mistura de cores também pode ser uma boa opção, ainda mais se o seu objetivo for trazer um visual mais moderno para a casa!

Segundo Carina, é interessante fazer essa mistura de cores de forma que isso não “pese” na decoração quando olhamos para ela. “A regra é simples: O resultado deve ser leve e agradar os olhos. Se isso acontecer, está perfeito”, completa a especialista.

móveis coloridos
Móveis de cores diferentes podem combinar sim, viu? - Shutterstock

Estilos diversos

Uma dica muito importante na hora de escolher as cores da mobília é pensar bem no significado dos diferentes tons e na impressão que eles vão passar no ambiente.

O azul pastel, por exemplo, é ótimo para criar um estilo mais vintage, queridinho de muitos e que tem o poder de trazer à tona as memórias afetivas das pessoas. Já peças em gradiente de uma mesma cor que já exista no ambiente são boas para quem curte uma decoração mais clássica ou neutra.

E tudo isso, segundo Carina, deve estar sempre de acordo com a preferência de que mora na casa, para que não surjam arrependimentos, viu?

Cores Vibrantes

Os tons mais vibrantes e chamativos também podem ser utilizados na mobília, especialmente no caso de quartos de crianças. Afinal, é sempre bom trazer um pouco de alegria para o lar por meio da decoração e das cores, não é mesmo?

Mas tome cuidado – no caso de quartos de crianças, pode não ser um boa ideia usar essas cores vibrantes em peças muito grandes, como camas e guarda-roupas, já é mais difícil trocá-las!

“A decoração de um dormitório para crianças vai mudando ao longo do crescimento. Por isso, é mais interessante que se invista em itens de marcenaria menores, como nichos e prateleiras. Desta forma, é possível trocar com mais facilidade conforme os gostos dos pequenos vão mudando”, conta a arquiteta.
quarto com cores vibrantes
Quartos de crianças podem pedir cores mais vibrantes ou chamativas - Shutterstock

Tons suaves

Apesar de acharmos os móveis coloridos muito bonitos quando os vemos em fotos ou na casa de outras pessoas, às vezes dá aquele medo de apostar neles no nosso lar e depois não gostar ou enjoar das cores, né? Por isso mesmo, Carina recomenda que quem não está acostumado com uma decoração cheia de cores deve começar aos poucos.

É uma boa ideia, por exemplo, salpicar os tons por alguns móveis, seguindo uma paleta de tons mais claros. “Além de ampliar visualmente os ambientes menores, os tons mais claros acabam por não acrescentar informações que contrastem fortemente com o restante do décor”, explica a especialista.

Fonte: Carina Dal Fabbro, arquiteta à frente do escritório Carina Dal Fabbro - Arquitetura e Interiores.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.