Cozinha personalizada: o cômodo pode ter a decoração que você quiser!

Com algumas dicas simples e muita criatividade, é possível criar uma cozinha personalizada cheia de estilo, conforto e funcionalidade!

None
Foto: Osvaldo Castro

por Redação Alto Astral
Publicado em 24/04/2017 às 19:22
Atualizado às 11:28

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Cores, revestimentos e móveis diferentes dão um toque único para o projeto, deixando-o com a cara dos moradores. Nos ambientes abaixo, você verá que, para criar uma cozinha personalizada, basta colocar a criatividade em prática!

Para ele

Esta cozinha foi desenvolvida especialmente para um morador que vive sozinho, porém recebe visitas com frequência. Portanto, a arquiteta Cláudia Aragão e a designer de interiores Cátia Maiello precisavam criar um ambiente versátil. “A cozinha era pouco funcional, sóbria e monótona, agora está prática e bem original”, contam as profissionais da Casatelier.

cozinha americana

Foto: Osvaldo Castro

Pretinho básico

Apesar de coringa, o preto é sempre destaque quando inserido em um cômodo. Para a cozinha, Cláudia e Cátia usaram a cor no pigmento de bancadas e armários. “Usamos o granito preto São Gabriel nos móveis para criar a sensação de unidade e parecer blocos da mesma cor”.

Tons de contraste

Para evitar um ambiente sobrecarregado, o chão ganhou uma tonalidade mais clara. Já para quebrar a monotonia dos tons neutros e destacar o cômodo, foi utilizado um porcelanato estampado. “Este material proporcionou originalidade e movimento ao espaço”, explicam.

cozinha criativa

Foto: Nando Costa

Cozinha personalizada: cabe tudo!

Em apenas 7,40m², a arquiteta Alessandra Brandini e a designer de interiores Michelle Gelesko reuniram, de forma criativa, tudo o que é necessário para uma cozinha versátil e funcional. Além da boa distribuição dos móveis e eletrodomésticos, várias bancadas e armários foram construídos para facilitar a organização do local.

Otimizando o espaço

Alessandra e Michelle pensaram em uma estratégia para melhorar a área disponível. “A cozinha era fechada e claustrofóbica. Então, derrubamos uma das paredes e fizemos um balcão para refeições rápidas. Isso deixou o ambiente mais amplo”, contam.

LEIA TAMBÉM

Texto: Monique Lima/Colaboradora