Cômodo da concentração: combine estudo e trabalho sem ocupar muito espaço!

Na rotina agitada, muitas vezes é necessário um cantinho para realizar as obrigações diárias. Confira como ter um cômodo ideal sem ocupar muito espaço!

None
Fotos Júlia Ribeiro/Gustavo Xavier

por Redação Alto Astral
Publicado em 11/01/2017 às 19:11
Atualizado às 16:51

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Trabalhar e estudar faz parte da rotina. E fazer este tipo de atividade em um espaço que seja aconchegante é essencial. Pensando nisto, selecionamos projetos que comprovam que conforto não é sinônimo de grandeza, ou seja, é possível fazer as tarefas do dia a dia em espaços enxutos e se sentir muito confortável!

escritório com bancada, cadeira, sofás, para uso de trabalho estudo

Fotos: Júlia Ribeiro/Gustavo Xavier

Várias funções

Além de estudo e trabalho, o cômodo projetado por Ivana Seabra e Bruno Vianna também é dedicado ao entretenimento dos moradores. E ambientes versáteis ajudam a aproveitar melhor o pequeno espaço disponível para construção e decoração. “A proposta foi fazer um ambiente multifuncional que tivesse espaço de leitura com poltronas, espaço para assistir à tevê e uma bancada para trabalho”, contam.

Aproveitando melhor

A dupla de arquitetos aproveitou ao máximo o espaço disponível e o tornou funcional de diversas formas: “Para otimizar o espaço, trabalhamos o mobiliário, que pode servir para as mais variadas funções. Como é o caso da poltrona – ao invés de sofá – que serve tanto para leitura como para assistir à tevê. E a bancada amarela, que serve tanto de apoio para o trabalho como suporte para a tevê”.

Amarelo amigo

As tonalidades diferentes chamam a atenção no projeto de Ivana e Bruno, mas a cor de destaque é o amarelo. De acordo com os profissionais, essa cor também tem o poder de fazer um ambiente parecer maior: “O amarelo traz essa sensação de amplitude por conta do seu brilho natural”.

escritório com bancada, cadeira, sofás, para uso de trabalho estudo

Fotos: Júlia Ribeiro/Gustavo Xavier

Tudo organizado

O escritório desenvolvido pela arquiteta Gabrielle Fuzinato, da GF Projetos, tem apenas 4m², mas o espaço é o suficiente para o desenvolvimento de trabalhos e tarefas. Apesar de a metragem ser reduzida, a bagunça não existe no ambiente. Gabrielle explica: “É preciso ter espaço para guardar a bagunça quando necessário, assim não precisa ficar tudo em cima da mesa”.

Escritório com bancada em branco e roxo, nichos superiores para guardar objetos e cadeira vermelha

Fotos: Júlia Ribeiro/Gustavo Xavier

Neutro e aconchegante

Os tons utilizados pela profissional no ambiente foram, principalmente, o branco e o uva, que, de acordo com Gabrielle, são cores elegantes, charmosas e femininas, exatamente de acordo com a exigência feita pela moradora.

Como otimizar

Algumas técnicas foram utilizadas para otimizar os 4m² e tornar o escritório o mais prático possível. “Colocamos uma mesa em L, de forma que ela conseguisse ter bastante bancada; carrinhos de rodízio embaixo da mesa para guardar objetos pequenos e lápis; e um móvel superior à mesa, onde ela guarda livros e ao mesmo tempo tem nichos que decoram o ambiente”.

Texto: Monique Lime/Colaboradora 

LEIA TAMBÉM 

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.