CASA & DECOR

Descanso dentro de casa: saiba como usar redes no ambiente interno!

As redes saem dos quintais para alegrar agora o interior de casas e apartamentos. Saiba como ter uma rede no ambiente interno sem perder o glamour!

None
Fotos: Nathalie Bohn e Celia Mari Weiss/Divulgação

por Redação Alto Astral
Publicado em 16/01/2017 às 18:14
Atualizado às 16:51

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A rede pode ser instalada em qualquer ambiente que tenha espaço para sua abertura. “Como é muito fácil de colocar e tirar, torna-se uma alternativa simples para qualquer canto. Inclusive, pode até atravessar um ambiente, pois consegue ser recolhida”, lista a arquiteta Gabriela Donati.

Espaço ideal

“Muitas vezes, não temos parede para dois ganchos. Nesse caso, podemos usar o teto, desde que seja uma laje ou viga. O forro de gesso não aguenta a carga”, ensina a profissional. “Um erro grave é dar nó nas pontas da rede para encurtá-la“, explica Gabriela

Sala aberta, com sofás brancos e rede no ambiente interno

Fotos: Nathalie Bohn e Celia Mari Weiss/Divulgação

Redes do Pará

O arquiteto Neto Porpino é paraense e sempre teve o hábito de usar redes. Ao mudar para São Paulo, Neto trouxe uma bela rede fiada em tear manual para o seu dormitório de 14m2 . “No primeiro uso ou após a lavagem, arme-a e, antes de deitar, segure-a com as duas mãos e sente sobre a mesma. Isso ajuda as laterais a ficarem da mesma altura”, ensina.

Quarto de casal, com cama, criado mudo e rede

Fotos: Nathalie Bohn e Celia Mari Weiss/Divulgação

Vá de batom

Prefira ganchos tipo ‘batom’, que permanecem embutidos e ficam mais discretos quando não utilizados. “Mas, dependendo da superfície, use aqueles fixados com parafusos”, recomenda o arquiteto Neto Porpino.

Sala aberta, com sofás brancos e rede no ambiente interno

Fotos: Nathalie Bohn e Celia Mari Weiss/Divulgação

Piso restaurado

De que adianta uma linda decoração se o revestimento está desgastado e sem vida? Algumas empresas oferecem a restauração de pisos antigos com os acabamentos tradicionais e especiais, como pátina, ebanização, tintura epóxi e clareamento. Na Atuart Pisos, também é possível transformar o assoalho convencional em rústico. www.atuartaplicadora.com.br

Piso de madeira restaurado

Fotos: Nathalie Bohn e Celia Mari Weiss/Divulgação

Texto: Redação Alto Astral

LEIA TAMBÉM