Sexo na água: dicas para ser gostoso (e refrescante!)

Veja como é possível ter prazer na banheira, na piscina e até no mar!

Aproveite a água para experimentar posições diferentes
Aproveite a água para experimentar posições diferentes - Shutterstock

por Julia Natulini
Publicado em 01/01/2022 às 22:00
Atualizado às 22:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Não há na melhor do que curtir as férias de verão, não é mesmo? Praia, sol, piscina, cachoeiras... O contato com a água geladinha no corpo pode dar algumas ideias eróticas para quem gosta de ousar no sexo. Será que existe algum desconforto ao transar na água? Para responder essa e outras dúvidas, Alto Astral conversou com a sexóloga Priscila Junqueira. 

Na água o sexo pode se tornar mais prazeroso?

Os corpos ficam mais leves e é possível fazer certas posições com mais facilidade do que na cama, por exemplo. Portanto, faça o teste e curta o momento! Em contrapartida, a penetração nem sempre acontece, pois há a dificuldade da lubrificação, o que aumenta o atrito dos órgãos genitais que pode resultar em machucados, infecção urinária e até mesmo doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Caso a temperatura da água esteja alta, a pressão pode cair. Se estiverem a sós - numa banheira ou numa piscina, por exemplo - é possível usar um lubrificante à base de água que reduz o atrito.

Há riscos de transar na água?

Na piscina o cloro pode alterar a flora vaginal e, consequentemente, gerar infecções locais como a candidíase. No mar a situação pode piorar, já que a presença de sal, areia e vários micro-organismos podem causar dor. Mas o prazer para algumas pessoas pode ser maior, depende de cada preferência.

É mais prazeroso transar nesses lugares?

Com a chegada das férias, a rotina fica de lado e apostar em um sexo diferente pode dar maior leveza para o relacionamento. Então, se for uma vontade do casal, por quê não? Porém, não se esqueça dos cuidados necessários que também devem ser levados em consideração nas relações fora da água.

Deixe o sexo na água mais apimentado

Seja na banheira ou na piscina, antes de entrar na água faça uma massagem. E, ao entrarem, apostem em novas posições, como cavalgada de costas e também a de frente um para o outro. No mar, a dica principal é: encontrem um lugar discreto e seguro, pois a praia é pública. Se forem pegos, podem ser processados por atentado ao puddor. O ideal é sempre procurarem um local isolado, como cachoeira, ou apostar em motéis temáticos em que possam aproveitar os momentos picantes sem stress.

Fonte: Priscila Junqueira, sexóloga da Plataforma Sexo sem Dúvida. 

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.