Amor de verão pode subir a serra? Psicóloga comenta

Saiba identificar quando é fogo de palha e quando é algo que tem futuro!

Está com a maior animação para os romances de verão? Veja só as dicas!
Está com a maior animação para os romances de verão? Veja só as dicas! - Shutterstock

por Julia Natulini
Publicado em 27/12/2021 às 14:00
Atualizado às 14:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Curtir as férias de verão com os amigos e de repente encontrar alguém bacana para dar uns beijos é algo comum, principalmente entre os mais jovens, né? E nada impede que esse momento vá além de uma lembrança inesquecível e, de repente, possa se transformar num relacionamento mais sério. 

Geralmente quando as pessoas querem aproveitar os relacionamentos casuais deixam de lado certas frescuras e se jogam. Mas, lembre-se: a primeira impressão é a que fica. Portanto, os exageros podem prejudicar o sucesso do envolvimento, ok? 

Para ajudar a refletir sobre aspectos importantes relacionados a amores de verão, veja só as dicas da psicóloga Carla Cecarello.

Seja leve

Nada de cobranças ou grandes expectativas para esse período. Curta e seja você mesma. Se respeite e também não invada o espaço do outro. Ainda que a maioria esteja no maior pique para viver novas experiências, tenha sempre em mente que tudo ficará marcado nas lembranças. 

Avalie se foi só fogo de palha 

Valeu a pena? Ou foi algo mais relacionado ao momento? É comum que no fim de ano o álcool esteja presente e com ele as brincadeiras entre os amigos aumenta. Logo, ao conhecer uma pessoa, permita-se viver aquela novidade de maneira alegre e espontânea. E, se valer a pena, por que não trocar redes sociais e marcar um novo encontro? Se joga!

A chance do amor de verão se transformar é pequena

O amor de verão dificilmente sobe a serra e tá tudo bem nisso. Vá disposta a festejar e, caso apareça alguém interessante, se arrisque. É comum o termo "passar o rodo", ou seja, beijar diversas pessoas, principalmente em temporadas assim, com a junção de praia, verão, sol, calor e boa companhia. No entanto, caso se interesse por alguém específico, o seu comportamento será lembrado. Então, estabeleça limites para si mesmo e identifique se é algo daquele instante ou se quer levar a diante. 

Fonte: Carla Cecarello, psicóloga, psicoterapeuta individual e de casal. 

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.