Desmistificando a ovulação: tudo o que você precisa saber sobre essa fase do ciclo!

Aprenda a reconhecer esse momento que é fundamental para que a gestação aconteça ou não

A ovulação é um período do ciclo menstrual
A ovulação é um período do ciclo menstrual - Shutterstock

por Thaís Lopes Aidar
Publicado em 26/07/2021 às 22:00
Atualizado às 22:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Se você já ouviu falar ou é adepta ao método da tabelinha, provavelmente conhece o período do ciclo menstrual chamado ovulação. É nessa etapa que o óvulo é liberado pelo ovário e está pronto para ser fecundado pelo espermatozoide, resultando na gravidez.

Dessa forma, saber o dia em que a ovulação ocorre pode ser a chave para aquelas que desejam engravidar e maior proteção para quem não quer uma gestação. No entanto, não há uma data padrão, dado que a duração dos ciclos é individual e varia de uma mulher para a outra.

Então, como fazer essa conta? Normalmente, os ciclos costumam durar de 25 a 35 dias, portanto, o previsto é que a ovulação ocorra entre 12 a 16 dias antes da próxima menstruação, aproximadamente, na metade do ciclo. Mas, como é difícil falar de regras quando o assunto é organismo, vale lembrar ainda que alguns fatores podem tornar a ovulação precoce ou tardia, como estresse e uso de medicamentos, pois alteram o processo hormonal. 

Visando entender melhor esse processo fundamental para a gestação, respondemos as principais dúvidas sobre o assunto com a colaboração do especialista em reprodução humana Nilo Frantz. Confira!

Alto Astral: Qual a diferença entre período fértil e ovulação?

Nilo Frantz: É importante esclarecer que não são a mesma coisa. A ovulação é o dia em que o óvulo maduro é liberado do ovário, estando pronto para ser fecundado. Já o período fértil engloba os dias que precedem e sucedem à ovulação. Isso porque, após liberado, o óvulo só sobrevive 24 horas no organismo da mulher, enquanto os espermatozoides podem durar de 3 a 5 dias no trato genital feminino. Logo, é considerado período fértil dos três dias antes até três dias depois da ovulação. 

AA: A ovulação apresenta sintomas?

NF: Ela pode gerar alguns sintomas, sim, como alteração no muco cervical, tornando-o mais transparente e elástico, aumento da sensibilidade dos seios e da temperatura corporal. Porém, é importante esclarecer que esses sinais passam despercebidos pela maioria das mulheres, o que dificulta saber o período exato da ovulação, então, o melhor é fazer os cálculos. Além disso, vale lembrar que mulheres que tomam anticoncepcionais orais não ovulam.

AA: É comum sentir dor neste período?

NF: Existem mulheres que sentem uma pontada de dor quando ovulam, mas muitas acabam não apresentando esse sintoma. Se a dor for intensa e constante, permanecendo por mais de um dia, pode ser sinal de endometriose, mioma, cistos, entre outros males que acometem a região pélvica. Nesse caso, é importante a consulta com um ginecologista.

AA: O que acontece depois da ovulação?

NF: Se o óvulo for fecundado, pode se implantar com sucesso no revestimento do útero, o que geralmente ocorre cerca de uma semana após a fertilização. A partir daí, o corpo começa a produzir o hormônio da gravidez, Gonadotrofina coriônica humana (hCG). Entretanto, se o óvulo não for fecundado, os níveis de estrogênio e progesterona diminuirão e o revestimento espesso do útero começa a se decompor. Assim, se dá a menstruação e o início do próximo ciclo menstrual.

Fonte: Nilo Frantz, médico ginecologista e obstetra, especialista em reprodução humana e Membro da ASRM (American Society for Reproductive Medicine).

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.