Comer menos sem passar fome? Sim, com nossas 5 dicas!

E sem dieta milagrosa! Especialista ensina hábitos simples que mudarão a sua relação com a alimentação

Melhore a sua relação com a alimentação com essas dicas!
Melhore a sua relação com a alimentação com essas dicas! - Shutterstock

por Thaís Lopes Aidar
Publicado em 27/10/2021 às 10:00
Atualizado às 10:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A relação com a alimentação pode ser um desafio. Ainda mais quando consideramos fatores da vida moderna como a falta de tempo, o estilo de vida e o sobrepeso — condição presente em cerca de 96 milhões de brasileiros, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS). 

Todavia, desmistificar tabus alimentares é de grande ajuda para melhorar essa relação. Por exemplo, alimentação saudável não é sinônimo de comida cara. Assim como comer menos não significa passar fome. Com o planejamento certo, a melhora desses hábitos acontecerá de forma progressiva e constante. 

“Reduzir a quantidade de calorias é essencial para quem deseja perder peso, mas fazer isso sem uma boa estratégia pode ser uma cilada, resultando na perda de controle em uma próxima refeição”, destaca a especialista em nutrição Susan Bowerman, que elenca 5 dicas infalíveis para maneirar na comida e mesmo assim não ficar com fome. Confira:

Preste atenção nos alimentos

Segundo Susan, quando o foco está na televisão, celular ou qualquer outra fonte de entretenimento e não no prato, pode ser mais fácil perder o controle daquilo que está comendo. Por isso, ela reforça a importância de prestar atenção no sabor de cada ingrediente. 

Sirva a porção certa

“A maioria de nós tende a não querer desperdiçar comida. Então, para não comer mais do que é devido, pense no tamanho da sua fome antes de se servir. Isso vai ajudar a reduzir cerca de 20% das calorias ingeridas”, adverte a nutricionista.  

Não fique sem comer mais do que quatro horas

Ficar muito tempo sem comer na esperança de emagrecer é um grande engano, viu? Isso porque nosso corpo nos manda recados a cada três ou quatro horas avisando que precisa se alimentar. Logo, quanto mais tempo ficamos sem comer, mais queremos comer depois. Planejar as refeições e investir nas proteínas são as dicas da especialista!

Não desconte a raiva na comida

“O nervosismo faz você ingerir mais calorias do que deveria. Por isso, encontre outras formas de lidar com o estresse: converse com uma amiga, faça caminhada ou tome uma xícara de chá. Anote o que está sentindo para identificar seus gatilhos depois”, explica Susan. 

A regra dos 20 minutos

Você sabia que o cérebro leva 20 minutos para registrar que o estômago está cheio? Por essa razão, a nutricionista reforça a importância em investir nas mastigações para comer mais devagar ou até mesmo se alimentar por etapas: comece pela salada, depois vá para a carne e assim por diante. 

Fonte: Susan Bowerman, nutricionista especialista em nutrição esportiva, obesidade e controle de peso, Mestre em Ciência e Nutrição de Alimentos pela Universidade Estadual do Colorado e diretora sênior global de educação e treinamento em nutrição da Herbalife Nutrition.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.