Azeite faz bem para a saúde? Confira!

Além de reduzir o risco de diabetes, a chamada "gordura do bem" ajuda a regular o intestino

Azeite deixa deixa o cérebro mais “afiado” e também faz bem para o coração, segundo especialistas
Azeite deixa deixa o cérebro mais “afiado” e também faz bem para o coração, segundo especialistas - Shutterstock

por Julia Natulini, Felipe Bomfim
Publicado em 04/10/2021 às 18:00
Atualizado às 18:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Você sabia que, além de saboroso, o azeite de oliva é um óleo benéfico à saúde? Ele não só dá aquele gostinho diferenciado a diversos temperos e receitas como bacalhau e peixe assado, como ainda ajuda a prevenir uma série de doenças.

Fonte de vitaminas e substâncias antioxidantes, o azeite integra o grupo dos alimentos funcionais importantes em nossa dieta diária. “Sementes oleaginosas, cereais integrais, tomate, alho, cebola, peixes de água fria, grãos integrais, laticínios fermentados e enriquecidos com probióticos, vinho e suco de uva integral, verduras de folhas verdes e crucíferas, frutas alaranjadas, frutas vermelhas, tubérculos e raízes e algas são exemplos de alimentos que ajudam a manter o corpo com energia e saudável”, informa a nutróloga Marcella Garcez, diretora e professora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN)

De acordo com Marcella, esses alimentos também podem reduzir a prevalência de doenças crônicas por causa de moléculas que promovem atividades antioxidantes, hipoglicemiantes (de controle da glicemia), hipoglicemiantes (no controle do colesterol) e imunomoduladoras, entre outros benefícios.

A nutricionista Vitória Falcão, parceira da Baskets, lista outras vantagens do azeite para a saúde. Confira abaixo:

  • Reduz os riscos de diabetes: a gordura pode equilibrar os níveis de glicemia e insulina no corpo. 

  • Diminui a inflamação: a nutricionista relata que algumas substâncias presentes no azeite podem causar um efeito anti-inflamatório e contribuir no combate dos radicais livres que causam o envelhecimento precoce.

  •   Faz bem para o coração: como o azeite tem ácidos graxos, que auxiliam na redução do colesterol ruim e aumentam a concentração do colesterol bom no organismo, também contribui para evitar doenças cardiovasculares. 

  •  Deixa o cérebro mais “afiado”: segundo Vitória, existem algumas pesquisas em andamento que indicam uma evolução de funções cognitivas atreladas ao uso de azeite.

  • Regula o sistema digestivo: para quem sofre com prisão de ventre, o azeite de oliva pode ajudar muito por contar com propriedades laxantes naturais e suaves.  Antes de utilizá-lo para esse objetivo, no entanto, consulte um especialista.

É válido saber que o azeite é mais saudável do que o óleo vegetal de cozinha, mas é necessário adotá-lo com moderação no cardápio - afinal de contas, trata-se de uma gordura e, portanto, é um alimento calórico. 

Fontes: Marcella Garcez, nutróloga, diretora e professora da Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), e Vitória Falcão, nutricionista parceira da Baskets/ Consultoria: Sport Life.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.