Connect with us

O que você está procurando?

Alto Astral
Caso aprovada, grupos de riscos deverão ser a primeira parcela da população brasileira que receberá a vacina contra o coronavírus
- Foto: Shutterstock

Caso aprovada, saiba quem receberá as primeiras doses da vacina contra o Covid-19

Caso aprovada, grupos de riscos deverão ser a primeira parcela da população brasileira que receberá a vacina contra o coronavírus

[PAGE TITLE]

No último mês, o governo federal brasileiro anunciou que fechou parcerias com outros países que estão desenvolvendo uma vacina contra o coronavírus, como é o caso da Inglaterra e da China. Algumas doses do medicamento já chegaram ao Brasil para a terceira fase de testes, que consiste na aplicação em larga escala em voluntários.

Um dos motivos da escolha do país para receber essas doses, se deve ao alto risco de contágio entre a população, já que o Brasil só perde para os Estados Unidos na contagem de casos confirmados. No entanto, o governo brasileiro também está se preparando para começar a produzir soluções em território nacional.

A previsão é que, caso os testes apresentem resultados positivos e eficazes, mais de 100 milhões de doses estejam disponíveis para os brasileiros entre o final deste ano e início de 2021. No entanto, essa quantidade não é suficiente para imunizar toda a população e acaba levantando um questionamento: quem são as pessoas que irão receber as primeiras doses?

Quem serão os primeiros a receber a vacina contra o coronavírus?

Para os testes iniciais da vacina, foram selecionados 9 mil voluntários de seis estados brasileiros, todos profissionais da área da saúde. O governo lançou uma plataforma para inscrições, que atingiu mais de um milhão de acessos nos últimos dias.

A distribuição para o resto da população deve seguir o mesmo princípio dos testes e de outras campanhas de vacinação, priorizando quem pertence aos grupos de risco. Além de médicos e enfermeiros, idosos, crianças, grávidas, professores, indígenas, doentes crônicos, caminhoneiros, pessoas privadas de liberdade, profissionais do sistema prisional, entre outros receberão as primeiras doses.

Essa escolha deve-se ao fato dessa parte da população apresentar um risco maior de contaminação pelo Covid-19, seja pela exposição constante ao vírus ou pelas complicações que eles podem desenvolver por conta da doença.

Após essa etapa inicial e conforme mais doses forem produzidas, o resto da população também poderá ser vacinada. A intenção do governador de São Paulo, João Dória, é disponibilizar a medicação contra o coronavírus no SUS a partir de junho de 2021.

Leia também:

Advertisement
Advertisement

Mais notícias interessantes como essa

Moda & Beleza

O tratamento natural feito com água de arroz auxilia na hidratação e diminuição de manchas na pele, assim como na retenção de água no couro capilar

Mundo místico

De acordo com a sua data de nascimento, os Orixás do trabalho preveem como você age no ambiente profissional, seus defeitos e melhores empregos

Mundo místico

Atraia sucesso, desejo e carinho especial para a sua vida amorosa ainda hoje com essas poderosas e simples simpatias com sabonete

Estilo de vida

Entenda os motivos que levam os recém-nascidos a terem maior facilidade em adquirir hipertermia e saiba como baixar febre de bebê com atitudes rápidas

Entretenimento

Saiba por onde começar e quais perfis para seguir no TikTok, aplicativo que é a nova febre da quarentena e que já teve 2 bilhões de downloads.

Estilo de vida

Confira uma lista com frases de Dia do Amigo para publicar como legenda de suas fotos ou como forma de declaração para aquela pessoa que considera um irmão

Casa & Decor

Um dos grandes problemas em paredes de gesso são as fendas que podem surgir com o tempo. Para solucionar esse desgaste, aprenda como consertar rachadura

Mundo místico

Quer espantar o olho gordo da sua vida de uma vez por todas? Confira algumas ideias de patuá para fechar o corpo e se livrar da negatividade