Salmo 142: Para receber boas influências

O salmo 142 é indicado para se livrar das perseguições e não criar pensamentos de desespero e preocupação. Aproxime-se do Senhor com este poderoso salmo.

None
Foto: iStock

por Redação Alto Astral
Publicado em 01/03/2017 às 11:21
Atualizado às 12:41

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

O salmo 142 é especial para para se livrar de perseguições de forma a não criar pensamentos como desespero, desânimo, sensação de infelicidade, preocupação sem fundamento e inimigos imaginários.

Mão segurando a Bíblia Sagrada sobre um plano. Escrito salmo 142.

Foto: iStock

Salmo 142

“Com a minha voz clamei ao Senhor; com a minha voz supliquei ao Senhor. * 2 Derramei a minha queixa perante a sua face; expus-lhe a minha angústia. * 3 Quando o meu espírito estava angustiado em mim, então conheceste a minha vereda. No caminho em que eu andava, esconderam-me um laço. * 4 Olhei para a minha direita, e vi; mas não havia quem me conhecesse. Refúgio me faltou; ninguém cuidou da minha alma. * 5 A ti, ó Senhor, clamei; eu disse: Tu és o meu refúgio, e a minha porção na terra dos viventes. * 6 Atende ao meu clamor; porque estou muito abatido. Livra-me dos meus perseguidores; porque são mais fortes do que eu. * 7 Tira a minha alma da prisão, para que louve o teu nome; os justos me rodearão, pois me fizeste bem.”

Comentário especial

Este é um salmo de Davi elaborado para render graças a Deus. Ao recitarmos suas palavras sábias, estamos demonstrando o reconhecimento de todas as graças recebidas, muitas, ainda, não percebidas. Ao rendermos essa homenagem ao nosso Criador, automaticamente estamos abrindo nossos braços para receber as maiores bênçãos que Deus tem preparadas para nós. Portanto, repeti-las diariamente faz os milagres acontecerem. O importante é aprender os versos primordiais para captar as alegrias.

Frase de poder

“A ti, ó Senhor, clamei; eu disse: Tu és o meu refúgio, e a minha porção na terra dos viventes. Atende ao meu clamor; porque estou muito abatido. Livra-me dos meus perseguidores; porque são mais fortes do que eu”.

LEIA TAMBÉM

Consultoria: Ira Pepino

Edição: Thomás Garcia/Colaborador | Design: Deicimar Machado