Jennette McCurdy conta sobre imposições da mãe em autobiografia

Intitulado "Estou feliz que minha mãe morreu", o livro de Jennette McCurdy será publicado em agosto no mercado literário americano

O livro possui o mesmo nome da peça escrita e apresentada por Jennette McCurdy
O livro possui o mesmo nome da peça escrita e apresentada por Jennette McCurdy - Crédito: Instagram/@jennettemccurdy

por Loyane Lapa
Publicado em 06/04/2022 às 13:00
Atualizado às 13:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Em 2021, millennials do mundo inteiro quase entraram em êxtase com a notícia de que aconteceria um revival de "iCarly". Protagonizada por Miranda Cosgrove, a série mostrava a vida de Carly, que junto com sua amiga Sam (Jennette McCurdy), tocava um vlog chamado iCarly. Iniciada em 2007, a série teve 5 temporadas e acabou em 2013. 

No entanto, uma notícia acabou desapontando alguns fãs da série: Jennette McCurdy, que interpretava Sam e era a amiga inseparável de Carly declinou o convite de gravar uma nova temporada da série. Junto com a recusa, veio também algumas falas sobre a atriz ter aversão a sua carreira e por ter vivido esse momento de ex-estrela mirim.

Porém o que muitos não sabiam eram justamente dos traumas vividos pela atriz enquanto criança. Segundo Jennette, nunca foi seu desejo ser uma estrela, mas que isso era uma imposição materna. Como sua família era muito pobre, a fama acabou se tornando uma obcessão da mãe, que obrigou a atriz a seguir com a carreira. Mas, como consequência, Jennette desenvolveu problemas como ansiedade, vícios, distúrbios alimentares e uma autoaversão de sua carreira.

Essa imposição ia tão longe que a atriz comenta que aos 10 anos, Jennette já era obrigada a pintar os cabelos e fazer clareamento dental, o que a impediu de viver sua infância como outras crianças da época. Aos 11, ela já enfrentava dietas rigorosas e desenvolveu anorexia e bulimia. Sam Puckett de iCarly, comia tudo que aparecia pela frente, o que fazia com que a atriz estivesse sempre se alimentando diante das câmeras.

Em 2013, Debbie – mãe da atriz – faleceu devido a um câncer e, pouco tempo depois, Jennette McCurdy acabou anunciando sua aposentadoria como atriz. Agora, a ex-estrela infantil se aventura atrás das câmeras na parte de direção, roteiro e também como escritora, já que anunciou o lançamento de sua autobiografia.

"Estou feliz que minha mãe morreu"

Sim, esse é o título traduzido da biografia de Jennette McCurdy ("I'm glad my mom died") e também é o nome da peça que a atriz escreveu e apresenta. O lançamento foi anunciado ontem (4/4) em suas redes sociais e tem publicação prevista em agosto de 2022 no mercado literário americano.

O livro possui uma capa cômica onde Jennnette McCurdy segura uma urna funerária sorrindo. E, ao revelar a produção da obra – que já está em pré-venda em solo estadunidense –, ela disse que "riu e chorou bastante enquanto estava escrevendo o livro, mas que está orgulhosa do que esse trabalho se tornou" (tradução livre). Hoje em dia, Jennette está com 28 anos e vive sua vida longe dos holofotes. 

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.