ESTILO DE VIDA

Vitamina D: poderosa aliada no combate à osteoporose

a vitamina D tem papel fundamental no fortalecimento dos ossos e, por isso, é capaz de combater a osteoporose, além de outras doenças.

None
FOTO: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 23/08/2016 às 19:54
Atualizado às 20:59

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quando se fala em vitamina D, logo vem a recomendação médica: tomar sol diariamente, de preferência antes das 10h da manhã e após as 16h da tarde. Isto porque, por meio da exposição solar, é possível obter quantidades do nutriente, que tem entre suas funções a de proporcionar a melhor absorção do mineral cálcio pelo organismo.

A vitamina D é absorvida com a exposição solar

FOTO: Shutterstock Images

“A vitamina D trabalha junto com o cálcio para manter os ossos saudáveis. Na verdade, o corpo não consegue absorvê-lo da dieta se não houver vitamina D. Sem ela, o corpo começa a expelir o cálcio necessário para manter as funções vitais dos ossos, enfraquecendo a ossatura”, comenta a nutricionista Paula Fernandes Castilho. Além de se expor ao sol, manter uma dieta equilibrada e rica na vitamina também é uma atitude recomendável para incluir mais saúde na rotina e proteger a estrutura óssea.

SAIBA MAIS:

Vitamina C reduz o risco de catarata

Confira 5 alimentos capazes de controlar o colesterol

5 frutas milagrosas para a saúde

Funções da vitamina D

Ela é tão importante para o organismo que a sua deficiência pode causar alguns danos graves à saúde. Além do risco do desenvolvimento da osteoporose com o avanço da idade, sua ausência ainda pode acarretar problemas como raquitismo (doença que também promove a fragilidade óssea), fraqueza muscular e muitos outros, como conta a nutricionista Camila Borduqui. “Alguns estudos mostram que a vitamina D é bastante relacionada ao diabetes, doença celíaca, vitiligo, artrite reumatoide e esclerose múltipla, por exemplo. Quando os pacientes foram suplementados com vitamina D (ou estimularam a produção da vitamina por meio da exposição solar) conseguiu-se um resultado muito satisfatório”.

Consultoria Camila Borduqui e Paula Fernandes Castilho, nutricionistas