Connect with us

O que você está procurando?

Alto Astral
Confira o tira-dúvidas para você começar a praticar já o pilates, método que vai revolucionar seu bem-estar e tonificar seus músculos!
- Foto: Shutterstock

Tire três dúvidas sobre pilates e comece a fazer já!

Confira o tira-dúvidas para você começar a praticar já o pilates, método que vai revolucionar seu bem-estar e tonificar seus músculos!

[PAGE TITLE]

Como tudo o que é novo, o Pilates ainda é uma prática rodeada de dúvidas. Embora esteja ganhando cada vez mais adeptos em academias e estúdios em todo o país, pouca gente sabe quais são seus reais benefícios ou as recomendações de cuidado. A seguir, confira as perguntas mais frequentes sobre a atividade que promove bem-estar para o corpo e a mente, com os respectivos esclarecimentos dados por especialistas. Você não vai ter desculpas para ficar fora desta (boa) moda que chegou para ficar.

Mulher, branca, morena, em casa, fazendo exercício, ginástica, pilates

Foto: Shutterstock

Posso trocar a musculação e os exercícios aeróbicos pelo Pilates?

Não. Embora seja um método único, o Pilates cumpre o seu papel, que é promover a saúde integral, interferindo no âmbito físico e mental. “Ele não substitui os exercícios aeróbicos nem a musculação, especialmente quando o objetivo é ganho de massa muscular. São trabalhos diferentes, que se completam de acordo com as metas do praticante”, esclarece a educadora física Suely Tambalo.

Existem contraindicações para a prática?

Não existem contraindicações e sim indicações para cada praticante de acordo com o nível de condicionamento, faixa etária e restrições de movimento ou patologias”, diz. Por isso é tão importante contar com o trabalho de um profissional que seja capaz de adaptar o método Pilates a cada necessidade particular. É bom que crianças abaixo dos 6 anos evitem, pois a estrutura óssea, muscular e de ligamentos ainda está em formação. Pessoas com osteoporose grave e lesões sérias de coluna também devem evitar.

É recomendado para aliviar dores?

Em primeiro lugar, é preciso buscar o diagnóstico médico para a origem da dor. Então, com o planejamento adequado de exercícios do método, é possível, sim, tratar dores. “Uma boa avaliação postural é fundamental para que o professor programe as aulas de acordo com as necessidades do aluno”, recomenda Suely.

LEIA TAMBÉM:

Consultoria: Suely Tambalo, educadora física

Texto: Redação Alto Astral

Advertisement
Advertisement

Mais notícias interessantes como essa

Estilo de vida

Saiba mais sobre o alho e cebola e fique por dentro dos inúmeros benefícios que esses ingredientes trazem para o organismo!

Estilo de vida

Confira 4 receitas fáceis e saborosas de chá de frutas! Banana, morango, maçã e laranja são alguns dos ingredientes! Veja mais!

Mundo místico

Ser grata a Deus pelas bênçãos recebidas através das preces é a melhor maneira de manter-se positiva diante de um desafio. Mostre sua gratidão!

Mundo místico

São Brás é um santo de muitas curas milagrosas e conhecido como o protetor contra engasgues e moléstias da garganta. Fortaleça sua fé com orações para ele.

Estilo de vida

A contaminação cruzada é mais comum do que se pode imaginar. Saiba como evitar o problema, principalmente em casos de intolerância e alergia!

Estilo de vida

É necessário manter distância de alguns alimentos quando se sofre com a alergia à proteína do leite de vaca. Saiba quais evitar!

Estilo de vida

A postura correta é um dos principais motivos para que a coluna vertebral possa manter-se saudável. Então, saiba como mantê-la da maneira certa!

Estilo de vida

A correria do dia a dia é responsável por comprometer o bem-estar, favorecendo o estresse. Conheça 3 técnicas que ajudam no combate ao estresse