Salto alto: conheça algumas das complicações causadas pelo acessório

Usar salto alto durante longos períodos de tempo pode causar complicações como varizes, trombose e dores na coluna e joelhos.

None
O uso prolongado do salto alto causa sobrecarga nas articulações. Foto: iStock

por Redação Alto Astral
Publicado em 29/05/2017 às 17:00
Atualizado às 17:00

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quando querem se sentir poderosas, as mulheres sabem exatamente de qual acessório escolher: o sapato de salto alto. Seja por elegância ou fantasia, ele está no guarda-roupas e pode ser usado num passeio especial de fim de semana ou até para o trabalho diário. Mas e aí, será que em nome da beleza os pés aguentam tanto esforço?

O corpo padece

“Usar salto alto todos os dias e por período prolongado pode trazer desconforto músculo-esquelético, principalmente para coluna e articulações de carga, como quadril, joelho e tornozelo”, alerta o ortopedista e traumatologista Adalto Lima. Andar já é um desafio natural de constante equilíbrio e, quando o calcanhar é elevado pelo uso de salto, ocorre um desequilíbrio biomecânico que projeta o glúteo para trás e o tórax para frente. Embora seja justamente essa a vantagem estética buscada pelas mulheres, o artifício provoca uma mudança de postura, condição que favorece o surgimento de dores nas costas e causa sobrecarga nas articulações, problemas que podem ser agravados ao longo do tempo.

Sérias complicações

Uma pesquisa recente feita pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (USP), constatou o que muitas mulheres sentem, mas nem sempre admitem. Salto alto, principalmente usado por longos períodos, pode dar origem a varizes e outras doenças venosas, como vasinhos, flebites (inflamação de uma veia da perna) e até tromboses. Isso porque o ângulo inadequado em que os tornozelos ficam sobre os saltos limita a articulação, que bombeia mal o sangue na região e, por sua vez, causa o chamado volume residual venoso (sobrecarga na circulação sanguínea na região das pernas). Essa condição favorece a hipertensão nos membros inferiores, que pode levar a varizes e outras doenças venosas.

O que o salto alto pode causar?

  • Deficiência nas articulações, pois aumenta a pressão sobre o primeiro e o segundo dedo do pé
  • Deformidades como calos, joanetes e dedos de garras
  • Encurtamento da musculatura da perna
  • Torções de tornozelo

Mesmo deixando a mulher mais elegante é importante diminuir o uso do salto alto.

Mesmo deixando a mulher mais elegante é importante diminuir o uso do salto alto. FOTO: Shutterstock

Chique é ter conforto

“Saltos tipo agulha são os que podem causar mais danos, pois, além de altos, são apoiados em hastes finas, que aumentam o esforço muscular para se ter equilíbrio e marchar. Também são mais suscetíveis a torções e quedas. Já os do tipo anabela distribuem melhor a pressão do corpo ao longo do pé, sendo mais confortáveis e estáveis”, explica o especialista. Uma dica valiosa para quem não abre mão de estar nas alturas é reduzir o número de dias e de tempo com esse tipo de calçado. Mulheres que precisam trabalhar de salto já estão aderindo ao hábito de carregar dois sapatos: uma sapatilha para as caminhadas até o escritório e um sapato de salto para o momento das reuniões. Que tal dar um folguinha para os seus pés?

Texto: Redação Alto Astral | Consultoria: Adalto Lima, ortopedista e traumatologista

LEIA TAMBÉM:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.