ESTILO DE VIDA

Poder das vitaminas: conheça os benefícios dessas bebidas

Misturar frutas com outros alimentos saudáveis é fundamental para a saúde. Fique por dentro do poder das vitaminas e se elas podem ser ingeridas sem medo!

None
As vitaminas são importantes, mas é necessário cuidado caso haja suplementação. Foto: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 23/02/2017 às 13:25
Atualizado às 13:30

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quem nunca ouviu indicação deconsumo de vitamina para resolver algum problema de saúde? “Tome vitamina C para curar a gripe”, “vitamina A faz bem para as unhas”, e assim por diante. Muitas vezes, as pessoas acabam ingerindo alimentos sem saber bem para que serve ou o quanto deve ser consumido. A seguir, você confere o poder das vitaminas e se a ingestão dessas bebidas é liberada sem restrição!

pílula com vitaminas

As vitaminas são importantes, mas é necessário cuidado caso haja suplementação. Foto: Shutterstock

A verdade é que SIM, as vitaminas são indispensáveis para uma boa saúde, porém é preciso conhecê-las para saber suas funções, bem como a melhor maneira de ingeri-las para tirar o máximo proveito.

Nutrição

As vitaminas, juntamente com os minerais, são micronutrientes que devem ser consumidos em quantidades pequenas, porém diárias. Os alimentos que fornecem vitaminas são classificados como reguladores, já que têm o papel de equilibrar as reações químicas do organismo.

As defesas do corpo, a potência da memória, o combate aos radicais livres e a proteção das células são as principais atividades das vitaminas no organismo. Além disso, auxiliam no processo de metabolismo de carboidratos, lipídeos e proteínas. Ou seja, elas são fundamentais no bom funcionamento dessa máquina perfeita de sódio e gorduras trans, que fazem muito mal ao organismo se ingerido em excesso. Por isso, atenção às suas escolhas. Sempre que possível, opte por alimentos naturais.

frutas

Manter uma dieta balanceada ajuda a manter o corpo com as vitaminas necessárias. Foto: Shutterstock

A vida toda

A quantidade de vitamina que deve ser ingerida varia dependendo do sexo, idade, estado de saúde e atividade física de cada pessoa. Gestantes, lactantes, atletas e vegetarianos, por exemplo, necessitam de uma alimentação reforçada.

Também faz mal

Certo, vitaminas fazem bem à saúde, então, quanto mais melhor! Não é bem assim. É necessário cautela quando se trata de quantidade, pois, em excesso, as substâncias podem fazer muito mal ao organismo, provocando, inclusive, intoxicações e agravamento de doenças. “Os nutrientes presentes nos alimentos participam de todos os processos orgânicos e, por isso mesmo, são muito importantes. A falta deles pode levar a doenças. Mas a ingestão excessiva também é prejudicial”, afirma a nutricionista Lilian Speziali.

Pensando na quantidade, muitas pessoas acabam optando por tomar o nutriente em forma de suplementos, sem a indicação médica. Acontece que não é possível trocar os alimentos por suplementos, pois a ingestão da comida é essencial para a absorção da vitamina. Optar por suplementação também pode aumentar as chances de mega dosagens.

Divisão

As vitaminas se dividem em dois grupos:

Hidrossolúveis: o tempo de armazenamento no organismo é curto, por isso devem ser consumidas diariamente. “Elas ajudam a manter a saúde dos nervos, músculos, ossos, pele, olhos, cabelos, fígado e aparelho gastrintestinal. Também estão envolvidas na produção de energia e podem ser úteis em casos de depressão e doenças neurológicas”, destaca a nutricionista. Vitamina C e do complexo B pertencem a esse grupo.

Lipossolúveis: podem permanecer no organismo por períodos maiores, estocadas no tecido adiposo e no fígado. Essas substâncias dependem de gordura para serem processadas e contribuem, principalmente, na manutenção das membranas, além de serem excelentes antioxidantes. As vitaminas A, D, E e K fazem parte desse outro grupo.

Consultoria: Lilian Speziali, nutricionista

Texto: Redação Alto Astral

LEIA TAMBÉM: