Culinária japonesa é mais saudável e oferece benefícios à saúde. Confira!

Baseada em peixes, frutas, legumes, arroz e outros alimentos saudáveis, a culinária japonesa traz diversos benefícios ao organismo. Saiba mais!

None
Foto Ingram Publishing/Other Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 29/08/2016 às 21:00
Atualizado às 11:31

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A culinária japonesa é baseada em peixes, arroz, legumes, chás, frutas e outras opções poderosas, fatores que a tornam um exemplo de alimentação saudável. Pesquisa realizada no Japão e publicada no Jornal Europeu de Nutrição Clínica indica que quem segue a dieta japonesa tem 44% menos chances de desenvolver depressão do que os que têm outros padrões alimentares. A seguir, confira os benefícios das comidas japonesas para a saúde.

mesa com comida japonesa

Foto Ingram Publishing/Other Images

Peixes

Salmão, atum, cavalinha, garoupa e pargo são os mais consumidos. “O peixe é a melhor opção entre as carnes e tem proteína de alta qualidade”, diz a nutrcionista Patricia Davidson. Se comparado à carne bovina, o peixe tem baixo teor de gordura. “E o tipo de gordura predominante é a poli-insaturada, com destaque para o ômega 3, que diminui o colesterol e o triglicérides, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares”, complementa Patricia.
Dica: se for ingerido cru, deve ser congelado a -20ºC, por no mínimo 7 dias, ou a -35ºC, por pelo menos 15 horas. Esse cuidado é essencial para que o peixe não apresente perigos à saúde, já que pode conter bactérias e larvas.

Soja

Pesquisa realizada pelo Instituto Nacional de Saúde e Nutrição, em Tóquio, associa a ingestão de soja à redução dos sintomas da menopausa, como as ondas de calor, perda de massa óssea e acúmulo de gordura. Esses benefícios são garantidos pelas isoflavonas do alimento, que têm estrutura semelhante ao estrogênio, hormônio feminino, e por isso atua da mesma maneira no organismo. É ingrediente do tofu, missô e shoyu (queijo, massa e molho de soja, respectivamente).
Dica: consuma shoyu em pequenas quantidades, pois o molho contém alta quantidade de sódio. O mineral provoca a retenção de líquidos no organismo e eleva a pressão arterial.

Chá verde

“Possui polifenóis, que protegem as células do organismo. São os flavonoides e os derivados da catequina, que previnem câncer, principalmente no tubo digestivo”, afirma o médico Alex Botsaris. Conhecido por seu efeito emagrecedor, o chá verde é termogênico: aumenta a temperatura do corpo, acelerando a queima de calorias.
Dica: no Japão, hábito é beber chá verde durante ou após as refeições. Acha difícil seguir esse costume? Então inclua a bebida nos lanches. Para que o chá ganhe mais sabor, acrescente uma fatia de gengibre, limão ou laranja e não adoce.

Chá verde, folhas

Foto Shutterstock.com

Cogumelos

Shimeji e shiitake são os tipos mais comuns na culinária japonesa. Pouco calóricos, os cogumelos oferecem proteínas, vitaminas do complexo B (importantes para o funcionamento do sistema nervoso), potássio, iodo, cálcio e fósforo (esses dois últimos minerais são essenciais para o fortalecimento dos ossos).

Algas marinhas

Boas fontes de iodo, auxiliam na produção dos hormônios da tireoide e melhoram o metabolismo. A alga mais conhecida é o nori, usado para enrolar o sushi, mas são comuns também o wakame e kombu, consumidos em sopas.
Dica: incremente sopas de legumes com algas marinhas, que temperam e saciam a fome.

Saiba mais:

1o truques para eliminar o excesso de gordura do seu cardápio

Aprenda sobre gastronomia com cursos rápidos pela internet

Terapias orientais contra o estresse

Broto de feijão

Com poder antioxidante, o alimento chamado de moyashi previne o envelhecimento precoce das células, o que significa menor aparecimento de rugas e melhor saúde dos órgãos. É fonte de ácido fólico, essencial para o sistema nervoso e na prevenção de tumores.

Broto de bambu

Cozidos com shoyu, o alimeto pode ser consumido com arroz, carne e até serve como recheio de salgados. Conhecido como “takenoko”, contém minerais como o fósforo, que espanta o cansaço.

broto de bambu cozido

Foto Shutterstock.com

Gengibre

Assim como o chá verde, é um alimento termogênico. Usado para temperar sashimi, peixes assados, legumes e em chás, a raiz alivia enjoos e desintoxica o corpo. Com propriedades antioxidantes, auxilia na prevenção do câncer e fortalece o sistema imunológico.

comparação de obesidade Brasil x Japão

Imagem Editora Alto Astral

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.