ESTILO DE VIDA

Como driblar os conflitos da diferença de idade no dia a dia?

O choque de gerações dos parceiros pode arruinar a relação. Como fazer com que a diferença de idade não seja um problema no relacionamento? Veja aqui!

None
A diferença de idade pode afetar o relacionamento Foro: Shutterstock

por Redação Alto Astral
Publicado em 20/04/2017 às 08:19
Atualizado às 14:01

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Quando o assunto é amor, não há regras. Por isso, pode parecer que a diferença de idade não é algo tão importante no relacionamento. Mas, às vezes, é. Experiências e pensamentos diferentes podem dificultar a vida do casal, já que cada um vive uma fase. Porém, isso também acontece com pessoas da mesma idade. Heloísa Capelas, especialista em desenvolvimento humano, dá dicas de como lidar com situações decorrentes disso sem prejudicar a harmonia a dois.

Diálogo

Para a especialista, a diferença de idade pode causar um choque de gerações, já que cada um cresceu com hábitos e crenças diferentes. “Nos últimos 50 anos, nossa sociedade passou por muitas mudanças e, por isso, um dos parceiros pode ser mais conservador, ou dar mais importância a aspectos que, para o outro, são irrelevantes”, exemplifica. Essas diferenças podem ser motivo de brigas para o casal e, para evitar que elas aconteçam, Heloísa aconselha: “dialogue mais. Deixe o parceiro se posicionar e esteja aberta a ouvir. A briga acaba nos levando ao paradigma da guerra, isto é, alguém tem que sair ganhando”. Diferentemente disso, o diálogo saudável envolve compreender que ele pode pensar e agir de forma diferente.

Ciúme

Ao contrário do que a maioria pensa, não é necessariamente a pessoa mais velha que sente mais ciúme. “Pensar dessa forma é um tipo de prejulgamento. O ciúme é uma questão emocional e está relacionado diretamente à autoestima. É preciso que a pessoa avalie em que grau o ciúme está fazendo mal a ela própria ou dificultando a relação, e pode ser importante buscar ajuda para cuidar de sua autoestima e não arruinar a vida a dois”, explica a especialista.

Silhueta de um homem e uma mulher segurando um coração partido

O ciúme pode estragar a relação Foto: Shutterstock

Preconceito

Ninguém precisa dar explicações a outras pessoas quando há um relacionamento com alguém da mesma idade. Mas em uma relação com grande diferença de idade, os “olhos tortos” recebidos pelas pessoas podem causar desconforto. Para Heloísa, “o que acontece é que para lidar com o preconceito, precisamos lidar com os nossos próprios preconceitos. Se eu estou bem comigo mesma e com a relação, o preconceito do outro não irá me incomodar”.

Pode dar certo, sim!

Para a especialista, “o amor não tem idade. No passado, casais com grande diferença de idade podem ter se apaixonado, mas não chegaram a se relacionar por questões sociais e culturais. Assim como hoje existe respeito aos casamentos homossexuais e entre raças, o mesmo está acontecendo em relação à diferença de idade”.

Família

Ter filhos ou não também é uma questão entre casais de idade próxima. Se um possui o desejo de ter filhos e o outro não, “novamente, a dica é: diálogo, respeito e amor. É importante ressaltar que não temos o poder de mudar o outro, a mudança deve partir de nós mesmos. O que o outro sente, como se sente, somente conseguiremos ter melhor compreensão com abertura para escutá-lo”.

LEIA TAMBÉM: