ESTILO DE VIDA

Benefícios da jabuticaba incluem combate aos radicais livres e ao estresse

Prevenção do câncer, controle do colesterol são alguns dos benefícios da jabuticaba, fruta tipicamente brasileira rica em vitaminas e outros nutrientes

None
FOTO: Shutterstock Images

por Redação Alto Astral
Publicado em 20/12/2017 às 19:00
Atualizado às 16:50

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Para manter uma dieta saudável e balanceada, é indispensável que as frutas sejam incluídas no cardápio diário. A jabuticaba é um bom exemplo de alimento que contribui para o melhor funcionamento do organismo, pois é rica em antioxidante, além de vitaminas C e E. “A jabuticaba também contém compostos bioativos, denominados antocianinas – benéficas para o coração e que colaboram para eliminar as toxinas do corpo. Também apresenta carboidratos e fibras, como a pectina, responsável, entre outras coisas, por controlar o colesterol”, explica a nutricionista Patrícia Cruz. Confira agora estes e muitos outros benefícios da jabuticaba!

Saúde em dia!

Em sua composição, a jabuticaba possui sais minerais e antocianina, substâncias que estimulam a eliminação de radicais livres, ou seja, previnem o envelhecimento precoce das células e combatem o estresse. Além disso, essa fruta também é capaz de impedir o surgimento de diversas doenças. “O consumo de jabuticaba, rica em compostos bioativos – que contêm antioxidantes –, está correlacionado com menor índice de doenças crônica-degenerativas”, esclarece a profissional. Outro dos benefícios da jabuticaba é que, de acordo com uma pesquisa realizada na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), os elementos encontrados na casca dessa fruta podem reduzir a produção de células cancerígenas no organismo. “Vale a pena ressaltar, também, que as antocianinas estão presentes em maior concentração na própria casca”, acrescenta a nutricionista.

A jabuticaba é uma excelente aliada no combate ao envelhecimento precoce. FOTO: Shutterstock Images

E o consumo?

De acordo com Patrícia, não existe nenhuma contraindicação de consumo em relação à jabuticaba, desde que ela esteja incluída na dieta do indivíduo. “A quantidade deve ser indicada de acordo com porções de frutas oferecidas ao longo do dia no plano alimentar de cada pessoa, sendo que a recomendação que consta na pirâmide alimentar brasileira é de três porções diárias”, finaliza a profissional. Além de ser pouco calórica, essa fruta é bastante versátil, uma vez que pode ser incluída em comidas doces, salgadas, sucos e geleias.

Texto: Da redação | Consultoria: Patrícia Cruz, nutricionista

LEIA TAMBÉM