ESTILO DE VIDA

Alimentação para quem malha: aprenda a escolher!

A alimentação de quem malha deve ser balanceada para que os objetivos sejam alcançados. Saiba escolher o que comer antes e depois dos treinos

None
Foto Shutterstock.com

por Redação Alto Astral
Publicado em 21/11/2016 às 12:01
Atualizado às 20:54

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

A alimentação de quem treina deve ser balanceada. Os carboidratos, que geralmente são vistos como os grandes vilões da dieta, são necessários para uma vida saudável, principalmente para quem pratica exercícios. Eles ajudam na performance durante o treino e aceleram a queima de gordura. Veja as dicas de Rayane Silva, nutricionista clínica e esportiva da Rede Just Fit Academias.

alimentos saudáveis, fita métrica

Foto Shutterstock.com

De olho nas escolhas

Carboidratos complexos e proteínas magras são as principais fontes que não podem faltar na dieta de quem busca um corpo escultural. Mas nada de exagerar nas calorias já que o objetivo de todo treino é eliminá-las. O importante é ingeri-las de maneira inteligente, como os carboidratos integrais – eles é que vão prevenir a fadiga e melhorar o desempenho durante a atividade aeróbica ou musculação”, orienta.

Antes do treino

A refeição pré-treino pode variar muito de uma pessoa para outra. Alguns alimentos que podem se encaixar nesse momento são: batata-doce, pão integral com recheios light, uma porção pequena de frutas ou um iogurte zero, que podem ser acompanhados de grãos como linhaça, aveia ou quinoa. Esses são digeridos de maneira mais lenta e assim fornecem a energia necessária para o treino.

E depois?

Já para ajudar na recuperação muscular depois da academia, a nutricionista indica as proteínas magras: peixes, frango, ovos e queijos de baixa caloria. E o mais importante: “nada de treinos em jejum! Ir para academia em jejum, além de não ajudar a emagrecer, pode causar um efeito reverso”, finaliza a profissional.

Leia também: