História do Rock: o sucesso e a tragédia de Buddy Holly

Aos quatro anos de idade, Charles Hardin Holley, filho de milionários norte-americanos, fazia aulas de piano e violino. Para desgosto dos pais e alegria

None
O lendário cantor e guitarrista Buddy Holly

por Redação Alto Astral
Publicado em 09/08/2016 às 12:10
Atualizado às 15:49

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Aos quatro anos de idade, Charles Hardin Holley, filho de milionários norte-americanos, fazia aulas de piano e violino. Para desgosto dos pais e alegria dos fãs de rock’n’roll, a paixão do garoto pela música só emergiu quando ele descobriu a guitarra elétrica. Então, adotou codinome Buddy Holly.

O lendário cantor e guitarrista Buddy Holly

O lendário cantor e guitarrista Buddy Holly

Durante a primeira explosão do rock’n’roll, por volta de 1956, Buddy já tocava com o The Crickets. A banda chegou a abrir para os maiores nomes da época, como Bill Haley e Elvis Presley. Mas o sucesso só veio mesmo no final da década de 50.

Depois de explodirem na Europa, passaram a ser reconhecidos nos Estados Unidos. No entanto, à partir de 1958, Holly decidiu seguir carreira solo. O sucesso foi imediato. Seu primeiro LP, lançado no mesmo ano, contém clássicos regravados algumas centenas de vezes. Entre eles, destacam-se Rave On e I’m Gonna Love You Too.

Morte no auge

Buddy Holly provou ser um dos guitarristas seminais do rock n’ roll. Entre os músicos que o citam como referência está Pete Townshend, guitarrista do The Who. O cantor morreu em um acidente de avião, em 1959. A tragédia aconteceu durante uma turnê e ainda matou o piloto do avião e os cantores Jiles Perry “Big Bopper” Richardson e Ritchie Valens. Todos no auge da carreira.

Álbuns essenciais de Buddy Holly

The “Chirping” Crickets (1957)

Buddy Holly (1958)

TAGS

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.