62 anos da morte de Getúlio Vargas: entenda a criação do IBGE

Em 1934, Getúlio criou o Instituto Nacional de Estatística que, em 1937, passou a ser conhecido como Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

None
FOTO: Wikimedia Commons

por Redação Alto Astral
Publicado em 24/08/2016 às 18:21
Atualizado às 18:16

COMPARTILHEShare to WhatsappShare to FacebookShare to LinkedinShare to TwitterShare to Pinteres

Em 1934, Getúlio criou o Instituto Nacional de Estatística que, em 1937, passou a ser conhecido como Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, famoso pela sigla IBGE. Assim como a CLT, a criação do IBGE fazia parte do desejo de Getúlio em entender o processo trabalhista de uma forma melhor para, assim, tomar as medidas administrativas necessárias.

criação do IBGE Getúlio Vargas

FOTO: Wikimedia Commons

Dessa forma, as principais funções do IBGE, segundo o site oficial, são produzir e coordenar as informações estatísticas, implementar um sistema de informações estruturais, coordenar os sistemas estatísticos e disseminar essas informações colhidas a partir desses processos.

SAIBA MAIS

As últimas horas de Getúlio Vargas

O fim de uma era! Morte de Getúlio Vargas completa 62 anos

Texto: Redação Edição: Angelo Matilha Cherubini

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Ao assinar nossa newsletter, você concorda com os termos de uso do site.